Will Smith posta vídeo e revela remoção de pólipo pré-canceroso

Pólipo é o crescimento de tecido anormal em uma membrana mucosa (o começo de algo que poderia vir a ser um câncer, no caso do artista)

Por: Redação

Will Smith fez um vídeo de sua primeira colonoscopia e divulgou em suas redes sociais e removeu um pólipo pré-canceroso. No post realizado na quarta-feira, 6, o sempre piadista ressaltou a importância da realização dos exames preventivos de câncer.

will smith vídeo pólipo pré-canceroso
Crédito: Reprodução/youtubeWill Smith faz vídeo de colonoscopia e remove pólipo pré-canceroso

“É 2019, temos que melhorar nossa saúde […] Há uma certa quantidade de comprometimento e vergonha envolvidos em ser saudável. Você só precisa fazer isso, cara”, disse o ator no vídeo. Com seus 51 anos, o astro brincou que chegou a vez dele ser submetido ao procedimento – recomendado a fim de evitar doenças como o câncer.

O vídeo mostra Smith indo ao hospital e sendo preparado para o exame. No fim, o ator aparece se recuperando no quarto, ao lado dos médicos. Eles contaram que o procedimento foi feito com sucesso e o avisaram sobre a retirada de um pólipo, com tecido pré-canceroso.

8 ALIMENTOS QUE PREVINEM CÂNCER

Tudo correu bem na colonoscopia, conforme confirmou o médico, mas um pólipo pré-canceroso foi retirado do corpo de Will para uma análise detalhada. “Agradeço a você, depois de dizer que você precisava de um exame, pois havia um pólipo, que, se não fosse retirado, poderia continuar crescendo e crescendo”, afirmou o médico.

Cheio de bom humor, no vídeo, Will Smith  disse que não aumentaria seu número de seguidores no Instagram sem antes mostrar o bumbum. “Eles disseram que você não consegue alcançar 50 milhões de seguidores no IG sem mostrar sua bunda. Então, aqui estou eu, fazendo uma colonoscopia pela influência”, brincou. O vídeo foi publicado no Youtube e no Instagram.

Entenda o que são Pólipos

Muitas pessoas não sabem, mas o intestino pode ter verrugas. Elas são conhecidas como pólipos, lesão formada pelo crescimento desigual dos tecidos na parede de órgãos como o intestino grosso. Segundo o médico Artur Parada, coordenador do serviço de Endoscopia Gastrointestinal do Hospital 9 de Julho, cerca de 40% das pessoas acima dos 50 anos apresentam pólipos colorretais.

A preocupação com esse tipo de lesão está relacionada ao fato de que o pólipo pode evoluir para um câncer colorretal que é o terceiro tipo mais frequente de câncer em homens e o segundo entre as mulheres.

A maioria dos pólipos nascem de alterações genéticas em algumas células que passam a proliferar. Eles podem ter o formato de um “cogumelo” ou serem planos, como uma verruga plana, pouco elevada. A grande maioria dos pólipos são assintomáticos. Mas existem casos em que podem gerar dores abdominais, prisão de ventre, anemias, emagrecimento rápido e sensação de evacuação incompleta.

O Pólipo pode virar câncer?

Sim. A lesão pode demorar de 5 a 10 anos para virar um tumor. Saiba mais aqui.