EM ALTA

Brotas (SP) tem roteiro de aventuras anti-covid

Setembro e outubro somaram apenas 5 casos de covid, de acordo com Fábio Pontes, secretário de turismo da cidade

Ouça este conteúdo

Segurança é a principal preocupação do turismo de aventura em Brotas. E em plena pandemia, restaurantes e parques só atendem com máscaras e distanciamento.

Com os cuidados seguidos à risca, em setembro e outubro a cidade teve apenas 5 pessoas com covid, como conta Fábio Pontes, secretário de turismo de Brotas.

Brotas
Crédito: Andrea Miramontes/ Lado B ViagemA bordo da superbike, você pedala a 70 m de altura, no Viva Brotas

“Desde março, início da de pandemia, tivemos apenas 4 óbitos e  234 positivos”, ressalta.

Acabei de voltar do destino e apostei em passeios a céu aberto e com número reduzido de pessoas. Neste link você acha cinco aventuras incríveis  por lá.

Eu que pedale

Uma das aventuras muito seguras, praticada sozinha, é a superbike. Trata-se de uma mistura de bicicleta com tirolesa.

Você pedala a 70 m de altura sobre a mata virgem, com uma vista de arrebatar os sentidos.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel, respeitar o distanciamento social e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado?


Confesso que a primeira pedalada, para sair pendurada a esta altura, dá medo. Mas depois é só curtir. Vale cada um dos 10 minutos da atividade.

O passeio é feito no parque Viva Brotas. Descubra aqui quanto custa e veja mais detalhes.

Eu que reme

Descer corredeiras pelo rio Jacaré-Pepira é um clássico de Brotas. Nunca remou? Esqueça o medo.

Superpreparados, instrutores sabem cada manobra para passeio divertido e seguro. Em tempo de covid, os botes seguem com menos pessoas.

Fiz o passeio com uma das empresas pioneiras no rafting em Brotas, a Território Selvagem Canoar. Saiba preço neste link.

rafting
Crédito: Lado B Viagem/ Território Selvagem CanoarRafting pelas corredeiras do Rio Jacaré-pepira em Brotas com a Território Selvagem

No meu bote, o líder foi o instrutor Mateus Farani. Remar no rafting é uma atividade em grupo, e todos tem que seguir à risca as orientações do especialista.

Mas, sinceramente, Mateus, que pratica competições mundiais, leva o barco com destreza e sabe onde está cada pedra do rio.

Ademais, caiaques com outros instrutores de apoio seguem ao lado do bote o tempo todo. Passeio para todas as idades.

Tirolesa e cachoeiras

No Ecoparque Cassorova está uma das cachoeiras mais lindas do Estado de São Paulo, a Cassorova.

Com 60 metros de altura, dividida em duas partes, a cachoeira permite várias atividades, além do banho.

É possível descer de rapel, nadar na piscina natural, além de fazer hidromassagem, ao passar por essa ponte no meio da cachoeira.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemNa ponte, você entra no meio da cachoeira Cassorova para fazer hidromassagem

Cassorova tem acesso fácil, em um caminho de 5 minutos pavimentado. Outra cachoeira do parque, a dos Quatis, tem 46 metros de queda e uma trilha maior, de uma hora e meia de caminhada.

Entre mais aventuras, no Ecoparque é possível fazer tirolesa sobre a cachoeira a 140 metros de altura e arvorismo.

Os preços das aventuras, bem como  detalhes e link para o parque, estão nesta matéria.

Antiga fazenda de café e gado, o Ecoparque Cassorova deixou boa parte dessas culturas para reflorestar e apostar no ecoturismo.

Fábio Ferreira, gerente do local, conta que já foram reflorestados 25 hectares, que equivale a 250 mil m2, mais do que um Maracanã.

Onde ficar?

Hoje todos os hotéis de Brotas seguem as recomendações da OMS, como distanciamento de mesas, máscaras  obrigatória, medição de temperatura e demais cuidados anti-covid.

Fiquei hospedada em total contato com a natureza no Brotas Eco Hotel Fazenda, complexo de 720 mil m2 que une o resort e o acampamento Peraltas.

Pet friendly, o hotel é ideal para famílias e para quem quer levar seu filho de focinho junto na viagem.

Foi o primeiro lugar do Brasil a criar o Dog Park, espaço com 1.000 m2 dedicados à brincadeira para seu cachorro.

dog park
Crédito: DivulgaçãoDog Park: são mil m2 de parque dedicado só aos cachorros

Em Brotas, cachorros aventureiros ainda podem descer corredeiras em botes no rafting com seus donos.

Para ao resto da família, o hotel tem 5 piscinas, dois toboáguas,  cama elástica, sauna, jacuzzi coberta, academia, salão de jogos, quadras poliesportivas, ginásio e outros.

Tem uma intensa programação de lazer para os pequenos. Com monitores, crianças fazem arco e flecha, gincanas, fogueira, brincam com fantoches, praticam arvorismo, paintball e tirolesa.

Adultos relaxam no redário, na hidromassagem do jardim e podem optar por serviços opcionais de babá e massagem.

Crédito: DivulgaçãoToboáguas divertem crianças e adultos no Brotas Eco Hotel Fazenda

A mais nova piscina do complexo chama-se Lagoa Encantada.

Trata-se de uma piscina temática simula uma caverna cenográfica, coberta e aquecida.

A novidade tem cascatas, jatos de água, fontes termais que brotam do fundo e pontos de jacuzzi, em uma área de 600 m2.

piscina brotas
Crédito: DivulgaçãoLagoa Encantada é a nova piscina fechada que simula um lado em uma caverna
piscina brotas eco hotel fazenda
Crédito: DivulgaçãoUma das piscinas do complexo do Brotas Eco Hotel Fazenda

Onde comer?

A gastronomia em Brotas vem se aperfeiçoando com o festival Brotas Gourmet, que costumava acontecer todo mês de agosto.

Neste ano, por causa da pandemia, o festival foi cancelado.  Bares e restaurantes, onde é possível provar os pratos premiados, se adaptaram com distanciamento e demais medidas de segurança.

Nos lugares que têm sistema buffet, só é possível se servir com máscara e luvas descartáveis.

Uma das sobremesas imperdíveis de Brotas é o sorvete de queijo da Especialeria, local que reúne o melhor dos doces e licores caseiros da cidade.

É servido com calda quente de goiabada ou doce de leite. Vem com uma bolachinha de parmesão. Simplesmente divino.

Crédito: Andrea Miramontes / Lado B ViagemSorvete de queijo com calda quente de doce de leite é a sobremesa premiada, do Especialeria, em Brotas

Nos parques de aventura também há restaurantes, afinal, tantas atividades dão uma fome danada.

O Ecoparque Cassorova se destaca por um buffet bem variado e bonito, com saladas frescas enfeitadas com flores.

Com comida caseira, o local tem excelentes opções quentes também para quem é vegetariano e vegano.

Para finalizar o dia de muitas aventuras, o happy hour é no Brotas Bar.

Quem ama provar iguarias locais vai de caipirinha de banana, a especialidade, feita com cachaça de Brotas.

Caipirinha de banana com cachaça local do Brotas Bar

A arquitetura caprichada inclui pé-direito duplo, jardim vertical, espaço bem arejado e decoração com caiaques nas paredes.

São poucas as opções para vegetarianos e veganos no cardápio.

Mas você vai encontrar um ravioli de muçarela de búfala e um risoto de cogumelos  bem gostosos para aplacar a fome.

Para mais roteiros vegetarianos e veganos pelo mundo, além de destinos sustentáveis e lugares pet friendly, siga o Instagram @ladobviagem.

ladobviagem

Em parceria com ladobviagem

Andrea Miramontes, jornalista, viajante e curiosa. Sou vegetariana e jamais divulgo atrações que escravizem animais :) Faço os sites Lado B Viagem e Patas ao Alto. Seja muito bem-vindo!

Compartilhe:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário Lado B Viagem

A Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.