CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Quintana Roo: um roteiro de cenotes, mar azul e ruínas maias

O Juju na Trip foi até Quintana Roo conferir o que há pra fazer, e separou nesses post 5 atividades imperdíveis.

Por: jujunatrip

Paisagem caribenha, cenotes de água cristalina, muita história, povo animado, boa comida e diversão até dizer chega. Essa é Cancún e Riviera Maia, a região mais turística do México. O Juju na Trip foi até Quintana Roo conferir o que há pra fazer, e separou nesses post 5 atividades imperdíveis.

1- Relaxar em um resort all inclusive à beira-mar

Cancún é um daqueles destinos que tem uma infinidade de atividades para fazer, mas um dia merece ser reservado simplesmente para relaxar e contemplar a beleza local. São inúmeros os resorts que ficam na beira da praia, com cadeiras em baixo de coqueiros, bebidas frescas e música animada.

O Hard Rock Café Riviera Maia, em Quintana Roo
Crédito: Juju na TripO Hard Rock Café Riviera Maia, em Quintana Roo

Nossa escolha foi pelo Hard Rock Café Riviera Maya. O hotel all inclusive é incrível. Tem um parque de águas com quatro piscinas e 23 tobogãs (sendo oito infantis, nove para crianças e adolescentes e seis radicais para adultos), uma área com camas elásticas, parkour e pistas de skate, ótimos restaurantes para jantar, um spa fora de série, praias particulares de água calma e equipamento aquáticos, salas de jogos e shows.

Crédito: Juju na TripA nossa suíte presidencial

Os quartos são ótimos, todos com varanda, frigobar, corner de drinks. Nós ficamos na suíte presidencial, com dois andares, dois quartos com varandão para o mar, sala de estar, sala de jantar, cozinha e um terraço com hidro. Como marca do HRC, referências do rock estão por toda a decoração, e tem a playlist com seleção musical para ouvir no quarto

2- Conhecer Isla Mujeres

Se o mar já é lindo em Cancún, prepare-se para se impressionar ainda mais em Isla Mujeres, mais uma das lindezas de Quintana Roo. A ilha fica próxima do litoral da cidade, a cerca 1 hora de barco e merece pelo menos dois dias inteiros. Se puder ficar mais, melhor ainda.

A travessia até lá é feita pela empresa Ultramar por quatro diferentes terminais, sendo eles Puerto Juarez, El Embarcadero, Playa Tortugas e Playa Caracol. O  valor por trecho é de US$14 por pessoa, e é melhor embarcar por Puerto Juarez, onde a navegação é feito por um trecho de mar sem balanços e mais curto.

Crédito: Juju na tripO mar surreal de Isla Mujeres, em Quintana Roo

Chegando em Mujeres, para se banhar, o melhor trecho de praia é o que fica entre Playa Norte (onde está o porto) e o Mia. Além disso, tem o Parque Garrafón, onde o mar brilha de tão azul, e com atividades como tirolesas e caiaque de vidro. (a entrada do Garrafón Isla Mujeres custa a partir de 53usd) .

Mujeres tem também o MUSA, o museu de arte subaquática com cerca de 500 estátuas feitas de cimento. As esculturas estão cobertas de corais coloridos e com muita vida marinha.

O Musa Cancun reúne centenas de estátuas. É um museu subaquático impressionante
O Musa Cancun reúne centenas de estátuas. É um museu subaquático impressionante

Para chegar no Musa, é preciso pegar o barco e mergulhar (é preciso ter certificado ou fazer o mergulho Discovery, que equivale ao nosso batismo).

Recomendo fazerem com o Scuba Garrido (nossa dive master foi a Silvana, peçam para ir com ela!). Os valores são 90usd para certificados; 120usd o mergulho discovery, e 45usd para apenas snorkel.

Crédito: Juju na tripAs estátuas do Musa, cobertas de corais

E por fim, o centro de Mujeres é lindo: parece Bahia misturada com México. Tem algumas ruas que se embaralham em torno da avenida principal, a Hidalgo, com simpáticas lojas de artesanato (aqui é o melhor lugar para negociar e compras porcelanas, redes e roupas), bares, restaurantes e operadores de mergulho. Vale  à pena caminhar no fim da tarde pelas ruas.

E o centrinho de Isla Mujeres

E não deixem de comer no Mayan Beach Club. Foi onde tomei a melhor Piña Colada da vida, e também um camarão em crosta de coco e manga inesquecível. Para terem ideia, os camarões são pescados lá mesmo!

3- Visitar Coba e participar de uma cerimônia Maia

Esse é um passeio que fizemos  em Quintana Roo e que achamos incrível: visitar as pirâmides de Coba, e depois seguir para Pacchán, um povoado originário Maia, para participar de uma cerimônia maia e mergulhar em um cenote dentro de uma caverna.

Diferente das badaladas ruínas de Tulum, Coba (a 1h30 da Riviera Maia) fica no meio da selva, pode ser explorada de bicicleta (o que é uma delícia) e tem um pirâmide que pode ser escalada.

Ruinas de Coba

De Coba, seguimos para Pacchán, o povoado no meio da floresta.   A comunidade é dona desse pedaço de terra no meio da selva, completamente preservado e do tamanho de 40 mil maracanãs.

O primeiro cenote que avistamos. A imagem do drone mostra a imensidão da selva preservada
O primeiro cenote que avistamos em Pacchán. A imagem do drone mostra a imensidão da selva preservada

Lá, encontramos com o Xamã para participar de uma cerimônia de purificação dos espíritos e depois entrar no cenote. Isso porque, segundo a tradição Maia, o cenote é a conexão com o inframundo, ou o mundo dos mortos. Então é preciso se purificar para entrar.

cerimonia xama em quintana roo
Cerimônia xamã em Quintana Roo

Para entrar no cenote, descemos de rapel 15 metros. Lá embaixo, só nós nas águas cristalinas daquela caverna. Fechamos o dia almoçando uma comida local deliciosa e feita com amor.

Rapel no Cenote em Quintana Roo,, e depois escada acima: experiência única, e sem crowd!
Rapel no Cenote em Quintana Roo, e depois escada acima: experiência única, e sem crowd!

Vários motivos nos fizeram adorar esse passeio: o contato com a população local, a beleza do lugar, o oásis de tranquilidade, a reconexão e a imersão na cultura local. Acho que vale muitíssimo a pena, e recomendo que coloquem no roteiro.

Quem faz esse passeio é a alltournative, o valor  a partir de US$139 e dura o dia todo, com almoço e transporte. Recomendo que vá com a guia que nos acompanhou, a Auri. Ela fez o passeio ficar ainda mais especial. Ah sim, e apenas eles fazem esse passeio.

4 – Explorar os Cenotes de Quintana Roo

Quintana Roo é atravessada por um sistema de rios subterrâneos que se conectam com as superfícies formando lagos, que no México são chamados de Cenotes. Eles  podem estar parcialmente ou totalmente escondidos em cavernas, ou descobertos. Alguns têm águas azuis e cristalinas.

Estima-se que sejam mais de 5 mil deles só na região de Quintana Roo. Entre os mais incríveis, estão o Gran Cenote, o Ik Kil e o Cenote Azul.

Mas para mim, a cereja do bolo é mesmo o Dos Ojos, que fica no Parque Dos Ojos.

Cenote Dos Ojos, os mais lindo de toda Cancún, Riviera Maya e Isla Mujeres: água azul transparente. Pra mim, o mais lindo de todos
Cenote Dos Ojos, os mais lindo de toda Cancún, Riviera Maya e Isla Mujeres: água azul transparente. Pra mim, o mais lindo de todos

O cenote é composto por dois lagos em cavernas semiabertas, chamadas de olho 1 e olho 2. A água é surreal de azul e cristalina (entrada 17usd).

Cenote Dos Ojos, os mais lindo de toda Cancún, Riviera Maya e Isla Mujeres: água azul transparente. Pra mim, o mais lindo de todos
Cenote Dos Ojos, os mais lindo de toda Cancún, Riviera Maya e Isla Mujeres: água azul transparente. Pra mim, o mais lindo de todos

Só se banhar nessa água e nesse visual já bastariam, mas a experiência vai além: pode-se fazer uma trilha  aquática. por um dos cenotes, passando por túneis e acabando em uma caverna. Porém, para a trilha, é obrigatório ir com o  guia do parque, e custa 30usd, incluindo pé de pato, snorkel e roupa).

A trilha aquática que fizemos no cenote Dos Ojos, passando por galerias e finalizando em uma caverna.
A trilha aquática que fizemos no cenote Dos Ojos, passando por galerias e finalizando em uma caverna. Imperdível

Se quiserem ir a algum outro cenote no parque, podem apontar a bússola para o Jaguar, um cenote aberto, cercado de vegetação, e com alguns pontos para salto, além de uma  tirolesa. A água não é azul, mas é cristalina e deliciosa (a entrada do jaguar custa a partir de 12usd).

Dicas Quintana Roo: Jaguar, um cenote aberto que parece um lago.
Dicas Quintana Roo: Jaguar, um cenote aberto que parece um lago.

Dicas úteis:

  • Não é preciso tirar visto para o México, mas se seu voo tiver escala nos EUA, você precisará do visto americano
  • A moeda de lá é o peso mexicano, e não é vantajoso usar o dólar. Melhor fazer o câmbio.
  • Não viaje sem seguro. Nós usamos sempre o da GTA Assist, que tem rede credenciada.
  • Se quiser comparar preços e planos do seguro, e comprar online, recomendo o site da Seguros Promo, que funciona como um buscador de diferentes empresas e seguradores. Basta botar os dados da viagem e escolher aquele que mais se encaixa para você.

Siga o Juju na Trip no youtube!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Por: jujunatrip

O Juju na Trip é um blog de viagens que mostra as aventuras de uma família pelo mundo curtindo o melhor da vida. Por Gabriela Temer, Rico Sombra e Juju (a filhota!).

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário Juju na Trip da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.