Últimas notícias:

Loading...

Rede de hotéis oferece tarifa solidária a hospitais e órgãos públicos

Novotel Morumbi será um dos hotéis que receberá profissionais da área da saúde de um hospital da rede privada em São Paulo

Por: Redação

Com parte de suas unidades fechadas por conta das restrições de circulação em diversos países, a rede francesa de hotéis Accor oferecer quartos para profissionais da saúde e de governos envolvidos na luta contra a pandemia do novo coronavírus (covid-19).

A Accor criou uma tarifa solidária em alguns de seus empreendimentos na América do Sul para parcerias com hospitais e governos.

Crédito: DivulgaçãoNovotel Morumbi será um dos hotéis que receberá profissionais da área da saúde de um hospital da rede privada em São Paulo

No Brasil, uma das modalidades de apoio é para hospitais que precisam hospedar seus profissionais que estão na linha de frente no combate ao covid-19 no país.

O Novotel Morumbi, primeiro no Brasil fechado para esse tipo de parceria, será utilizado por uma rede privada de hospitais na cidade para abrigar médicos, enfermeiros e outros colaboradores da rede.

“Em um momento delicado como esse, não podemos ficar de braços cruzados. Nossos hotéis estão à disposição das autoridades e redes hospitalares para auxiliar durante esse período crítico. Receber, proteger e ajudar as pessoas é a base do nosso negócio”, diz Patrick Mendes, CEO da Accor para a América do Sul.

A medida visa evitar os deslocamentos dos profissionais do trabalho para casa e diminuir o risco de contágio de parentes em suas casas.



A rede também diz que há ainda a possibilidade de que os hotéis sejam usados como leitos de internação de pacientes sem doenças contagiosas.

Tarifa solidária está disponível apenas para leitos em locais em que a operação hoteleira não foi suspensa por decretos governamentais. A oferta está disponível através do Call Center (0800-703-7000 ou 11 2755-6702).

França

Na França, a companhia colocou à disposição cerca de duas mil acomodações em seus hotéis para receber moradores de rua.

A Accor também está recebendo diversas solicitações de hospedagem para idosos e pessoas em grupo de risco que necessitam ficar isolados para se protegerem, de pessoas em trânsito ou que ficaram se poder viajar e dos que estão enfrentando alguma dificuldade de convívio em meio ao isolamento social.

Compartilhe: