Últimas notícias:

Loading...
EM ALTA

São Paulo tem 37 praias impróprias para banho; confira lista

Com planos de aproveitar o calorzão no litoral? Então fique atento!

Por: Redação

Levantamento da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), divulgado nesta sexta-feira, 14, aponta que o litoral paulista tem 37 praias impróprias para banho. Ubatuba, no litoral norte, e Santos concentram o maior número de praias com balneabilidade inadequada –7.

Ao todo, a Cetesb tem 177 pontos de monitoramento espalhados em todo o litoral paulista.

praias impróprias
Crédito: Divulgação/PMUVista da praia de Picinguaba, em Ubatuba, no litoral norte de SP; litoral paulista tem 37 praias impróprias para o banho

Em Ubatuba, dos 34 pontos monitorados pela Cetesb, incluindo os sete da Ilha Anchieta, sete registraram condições impróprias para o banho – Picinguaba; Prumirim; Iperoig, Itaguá (dois pontos), Santa Rita e Perequê-Mirim. Em Caraguatatuba, as praias do Centro, Indaiá e Pan Brasil não são recomendadas para o banho.

Já em São Sebastião, todas as praias permaneceram com balneabilidade boa, com exceção de Porto Grande. Ilhabela apresenta 18 praias próprias e apenas uma – Itaquaçu– está imprópria.

No Guarujá, apenas a praia do Perequê está imprópria para o banho, de um total de 12 pontos monitorados.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel, respeitar o distanciamento social e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado?


Em Santos, todas as sete praias do munícipio estão inadequadas para banho de mar. Já em São Vicente, é bom evitar as praias da Divisa,  Itararé-Posto 2, Milionários, Gonzaguinha e Prainha.

O município de Praia Grande apresenta seis praias improprias –Canto do Forte, Boqueirão, Guilhermina, Aviação, Vila Mirim e Real.

Crédito: Rogério Cassimiro/MTurPraia do Canto do Forte, em Praia Grande, no litoral sul de São Paulo

Em Mongaguá, dos sete pontos monitorados pela Cetesb, seis estão impróprios para o banho de mar: Vila São Paulo, Central, Vera Cruz, Santa Eugênia, Itaoca e Flórida Mirim.

Bertioga, Itanhaém, Peruíbe, Iguape e Ilha Comprida estão com todas as praias em boas condições de balneabilidade.

As condições podem ser alteradas em razão do período de chuvas. A Cetesb recomenda que os banhistas entrem no mar 24 horas após precipitações fortes e intensas. O período de amostragem é de 13 de dezembro de 2021 e 10 de janeiro de 2022.

Lista das praias impróprias para o banho no litoral de SP

Ubatuba
– Picinguaba
– Prumirim
– Iperoig
– Itaguá, av. Leovegildo, altura do número 240 e 1.172
– Itaguá, av. Leovegildo, altura do 1.172
– Santa Rita
– Perequê-Mirim

Caraguatatuba
– Centro
– Indaiá
– Pan Brasil

São Sebastião
– Porto Grande

Ilhabela
– Itaquaçu

Bertioga
– Todas as praias com qualidade boa para o banho

Guarujá
– Perequê

Santos
– Ponta da Praia
– Aparecida
– Embaré
– Boqueirão
– Gonzaga
– José Menino (R. Olavo Bilac)
– José Menino (R. Fred. Ozanan)

São Vicente
– Praia da Divisa
– Itararé-Posto 2
– Milionários
– Gonzaguinha
– Prainha

Praia Grande
– Canto do Forte
– Boqueirão
– Guilhermina
– Aviação
– Vila Mirim
– Real

Mongaguá
– Vila São Paulo
– Central
– Vera Cruz
– Santa Eugênia
– Itaoca
– Flórida Mirim

Itanhaém
– Todas as praias com qualidade boa para o banho

Peruíbe
– Todas as praias com qualidade boa para o banho

Iguape
– Todas as praias com qualidade boa para o banho

Ilha Comprida
– Todas as praias com qualidade boa para o banho