Testes com a vacina de Oxford são interrompidos após suspeita de reação adversa

Os testes da fase três da vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pelo laboratório farmacêutico AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford foram temporariamente interrompidos. O anúncio foi feito na terça-feira, 8, após um voluntário no Reino Unido ter manifestado uma reação adversa séria, que pode estar ligada à imunização.

Em nota, a AstraZeneca disse que a pausa é “uma ação rotineira que deve ser investigada sempre que for identificada uma potencial reação adversa inesperada em um dos ensaios clínicos, garantido assim a manutenção da integridade dos estudos”.

A vacina de Oxford é uma das nove imunizações em estágio mais avançado dos teste clínicos para o combate ao novo coronavírus.

Confira no vídeo mais detalhes sobre o assunto!