Últimas notícias:

Loading...

Fonte de Artes do Morro do Querosene reúne mais de 70 atrações

Festival apresenta Rappin Hood, Nasi, Barbatuques, Bloco Ilú Obá de Min e muito mais - tudo online e grátis!

Por: Redação

Até 22 de agosto de 2021

Sexta - Sábado - Domingo

Diversos horários (confira a programação completa)

Recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência não informados pelo próprio organizador do evento

O Fonte de Artes do Morro do Querosene, ou apenas FAMQ, promove um festival online e gratuito com mais de 70 atrações. No line-up estão nomes como Rappin Hood, Nasi, Barbatuques, Bloco Ilú Obá de Min e muitos outros convidados. O evento acontece no dia 20, das 20h às 22h, e nos dias 21 e 22 de agosto, das 16h às 20h.

Fonte de Artes do Morro do Querosene
Crédito: Reprodução/ Facebook Ilú Obá De Min | Reprodução/ Facebook Rappin Hood Oficial | Reprodução/ Facebook Oficial NasiBloco Ilú Obá de Min, Rappin Hood e Nasi são apenas algumas das atrações do Festival Fonte de Artes do Morro do Querosene

Nos três dias de evento, os artistas se revezam em três estúdios para apresentações de samba de roda, capoeira, shows de reggae, rock, rap, salsa, forró e rodas de conversa sobre sustentabilidade, meio ambiente e urbanismo.

E você pode acompanhar esse mega evento de várias formas. As transmissões acontecem pelo Facebook do FAMQ, pelo canal do YouTube da Associação Cultural Morro do Querosene, pela TV Socilizando Saberes e pela Rádio Cidadã.

Posted by FAMQ on Wednesday, August 18, 2021

O festival começa na sexta-feira, dia 20, às 20h, com uma roda de tambores dirigida pelo Mestre Dinho Nascimento, seguida por três rodas de conversa.

Um dos destaques é o cantor Nasi, ícone do rock nacional desde os anos 80. Ele gravou quatro álbuns solo e está na banda IRA! desde 1981. O show acontece no dia 22.

Nasi se reinventou durante a pandemia e ficou mais perto dos fãs nas redes sociais. Além de se dedicar às lives musicais, ele posta vídeos com receitas, dicas de filmes, séries, livros e faz entrevistas com convidados de vários segmentos.

Outro nome poderoso do Festival Fonte de Artes do Morro do Querosene é Rappin Hood, com um show composto por seus grandes sucessos, dos anos 1990 até os dias de hoje.

Ele é conhecido pelo estilo inovador de suas composições e melodias, que muitas vezes une o rap e o samba, duas vertentes musicais que representam as vozes das periferias. A apresentação acontece no dia 21.

O rapper costuma fazer parcerias com nomes consagrados da MPB, como Djavan, na música “Vilarejo”, lançada em julho; com o cantor Vitão, na regravação da canção “Suburbana”; e com Jorge Ben Jor, em “O Guerreiro da Capadócia”, uma homenagem aos 110 anos do Corinthians.

A força feminina está presente no evento por meio da apresentação do Bloco Ilú Obá de Min, no dia 22. Formado exclusivamente por mulheres, o coletivo é famoso por abrir o carnaval de rua de São Paulo em um cortejo sempre às sextas-feiras, no centro da cidade.

Fundado pelas percussionistas Beth Beli, Adriana Aragão e Girlei Miranda em 2004, o Ilú Obá de Min tem o objetivo de manter e divulgar a cultura negra no Brasil, além de fortalecer as mulheres negras.

O Festival FAMQ nasceu em 2015 devido à luta dos moradores do Morro do Querosene pela construção do Parque da Fonte do Peabiru. O Morro do Querosene está localizado na região do Butantã, zona oeste de São Paulo. O festival também questiona a construção de mega empreendimentos residenciais na região.

Demais essa programação do Fonte de Artes do Morro do Querosene, não? E tem muitas outras atrações para alegrar seu fim de semana. Para saber de tudo, acesse o Facebook do evento.

Veja esses outros programinhas online:

?>