Bolsonaristas tiram sarro das 1.223 mortes por coronavírus no Brasil

Apoiadores do presidente que pedem pelo fim do isolamento social levaram um caixão à avenida Paulista, em São Paulo, e dançaram em aglomeração

Por: Redação

Um grupo de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) participou de carreatas e manifestações na cidade de São Paulo neste domingo, 12, pedindo para que as pessoas voltassem às ruas. Apesar da pandemia do novo coronavírus e das recomendações científicas da Organização Mundial da Saúde (OMS) para que as pessoas fiquem em casa, em isolamento social, os bolsonaristas querem que o povo contrarie a ciência.

bolsonaristas mortes coronavírus
Crédito: Reprodução/TwitterBolsonaristas debocham das mortes ocorridas no Brasil pelo coronavírus

Ao contrário do que aconteceu na madrugada de sábado, 11, em Fernandópolis, onde a Polícia Militar dispersou um baile funk e prendeu pessoas por desrespeitarem a quarentena decretada pelo estado de São Paulo, desta vez a galera classe média de São Paulo não foi presa. Pelo contrário. O grupo de bolsonaristas, além de se aglomerar na Avenida Paulista, ainda tira um sarro das 1.223 mortes que aconteceram no país em decorrência da covid-19.

Nas imagens que circulam pelas redes sociais, o grupo de bolsonaristas em questão levanta um caixão e imita aquele meme em que os coveiros dançam com caixão nos ombros, celebrando a “morte do governo Doria”. O governador de São Paulo tem tomado medidas duras com relação à quarentena, a fim de salvar o maior número de vidas possível no estado. Em tempos em que 1.223 pessoas já morreram no Brasil (fora os números subnotificados), essa dancinha na Paulista com um caixão é o mais claro sinal de deboche para com a vida. Assista:

No último sábado, 11, uma carreata já havia saído pelas ruas da cidade, pedindo pelo fim do isolamento social em São Paulo. As manifestações se colocaram contrárias ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB), à TV Globo, à Band e à China.

O grupo travou o trânsito impedindo a passagens de ambulâncias com as sirenes ligadas. As imagens foram publicadas nas redes sociais pelos próprios manifestantes.

Em um dos vídeos um dos manifestantes com a camisa da seleção brasileira sai do carro e diz:”paramos a avenida Paulista e vamos parar São Paulo. Fora Doria!!!”. Veja mais imagens aqui.