Homem golpeia com 70 facadas a ex por não aceitar o término

Segundo o delegado que mais chamou a atenção foi a frieza do do ex-namorado de Aline Guimarães. "Não mostra arrependimento nenhum, ele é frio"

Por: Redação

Um homem deu 70 facadas na ex-namorada por não aceitar o término do relacionamento. O caso aconteceu no sábado, 20, em Taubaté, interior de São Paulo.

Crédito: Reprodução/FacebookHomem golpeia com 70 facadas a ex por não aceitar o término

Até o início da semana que vem, a Polícia Civil concluirá o inquérito sobre a tentativa de feminicídio contra a vendedora Aline Guimarães, de 30 anos. O ex-namorado dela, um lutador de artes marciais de 35 anos, que foi preso e assumiu o crime.

Aline está na UTI em estado grave. Segundo pessoas próximas, na noite de ter-feira a vítima começou a se comunicar com dificuldades, no hospital, ela segue sem previsão de alta.

De acordo apurou o portal UOL, o delegado José Antônio de Paiva, que investiga o caso, afirmou que Aline estava em casa quando o ex-namorado invadiu a residência por uma janela. O agressor levou uma faca e pegou outras duas no local do crime para dar dezenas de golpes na vendedora. Pelo menos uma das facas chegou a quebrar enquanto ele a atacava.

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER: CONHEÇA OS TIPOS E SAIBA COMO DENUNCIAR

Vizinhos chamaram a polícia. O caso foi registrado como feminicídio tentado.

O delegado contou que que mais chamou a atenção no depoimento foi a frieza do lutador. Alegando não concordar com o fim do namoro, ele não demonstrou arrependimento. “Não mostra arrependimento nenhum, ele é frio”.

A polícia informou que o lutador já foi condenado por lesão corporal contra Aline, e cumpriu a pena em regime aberto. O homem também tem outras acusações de agressões contra a mulher com quem ele se relacionou antes da vendedora.

Amiga

Na noite do atentado, horas antes, Aline foi a casa de uma amiga, a esteticista Regina Lobo.

Regina contou que ficou assustada com o fato do agressor saber onde ela morava. “Ele estava sondando a Aline naquele dia, porque ele não sabia onde eu morava e já tinha descoberto o carro dela aqui na frente. Daí tirou uma foto e mandou pra ela”.

5 APPS DE DENÚNCIA QUE AJUDAM MULHERES VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA

Quando a vendedora foi embora, com medo, as duas mantiveram contato por mensagens no Whatsapp. Regina perguntou se a amiga havia chegado bem em casa. Em áudio, a vendedora respondeu que deu “uma olhada antes de entrar, não tinha nada”, e que estava bem. Horas depois, o ex invadiu sua casa e cometeu o crime.

A relação entre a amiga e o ex-namorado sempre foi complicada. Regina sempre reclamou dele por causa de agressões. “O relacionamento deles era meio fechado, ela não apresentava ele pra ninguém”.

A vitima trabalha em uma loja de carros importados, tem duas irmãs. O pai já é falecido e mais tempo, a mãe morreu na semana passada.

1
Chuva forte deixa São Paulo debaixo d’água
A chuva que começou ontem não deu sinal de trégua e fez São Paulo amanhecer debaixo d’água nesta segunda-feira, 10. …
2
Coronavírus: aviões da FAB vão retirar brasileiros de Wuhan, na China
Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram nesta quarta-feira, 5, em direção a Wuhan, na China, para retirar os …
3
BBB20: Mulheres decidem o destino de Pétrix Barbosa
A união das mulheres  decidiu o destino de Pétrix não apenas no Big Brother Brasil 20, mas também fora da …
4
Damares Alves: abstinência sexual, protesto e contradição?
Por que este grupo de mulheres deu as costas para a ministra Damares Alves enquanto ela defendia sua política de …
5
Bolsonaro e a demissão do secretário que viajou com jato da FAB
O presidente Jair Bolsonaro anunciou em sua conta no Twitter que vai tornar sem efeito a nomeação de José Vicente …
6
Visibilidade trans: a história de Thais de Azevedo
O que é violência para você? Para Thais de Azevedo essa pergunta resume uma trajetória de vida. Como mulher trans, …
7
Qual o impacto do feminismo na periferia ? Luana Hansen dá a letra
Dj, MC e produtora musical, Luana Hansen fez e faz história no movimento hip hop há, pelo menos, duas décadas. …
8
Brumadinho: relatos lembram a maior tragédia socioambiental do Brasil
Há um ano, a cidade de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG) viveria um pesadelo difícil de ser esquecido.Era …