Venda de 32 marcas de azeite é suspensa por fraude no produto

A maioria das adulterações foram feitas com a mistura da oliva com óleo de soja e óleos de origem desconhecida

Por: Redação

O Ministério da Agricultura divulgou, nesta quarta-feira, 2, a suspensão da venda de 32 marcas de azeites de oliva por causa de fraude no produto. A verificação foi realizada em amostras colhidas entre 2017 e 2018. Segundo o governo, a demora para o anuncio do resultado se dá pela vagarosidade em que os testes levam para ficar prontos.

Crédito: Dulezidar/iStockVenda de 32 marcas de azeite é suspensa por fraude no produto

Segundo o ministério, as marcas que praticaram fraudes foram:

  1. Aldeia da Serra
  2. Barcelona
  3. Casa Medeiros
  4. Casalberto
  5. Conde de Torres
  6. Dom Gamiero
  7. Donana
  8. Flor da Espanha
  9. Galo de Barcelos
  10. Imperador
  11. La Valenciana
  12. Lisboa
  13. Malaguenza
  14. Olivaz
  15. Olivenza
  16. One
  17. Paschoeto
  18. Porto Real
  19. Porto Valencia
  20. Pramesa
  21. Quinta da Boa Vista
  22. Rioliva
  23. San Domingos
  24. Serra das Oliveiras
  25. Serra de Montejunto
  26. Temperatta
  27. Torezani
  28. Tradição
  29. Tradição Brasileira
  30. Três Pastores
  31. Vale do Madero
  32. Vale Fértil

Em 2019, ao todo, 38 marcas que foram retiradas de circulação. Em julho, 6 rótulos foram suspensos.

Segundo o Ministério da Agricultura, a maior parte das fraudes foi feita com a mistura com óleo de soja e óleos de origem desconhecida.

O que é um azeite fraudado?

O Ministério da Agricultura considera azeite de oliva “o produto obtido somente do fruto da oliveira, excluído todo e qualquer óleo obtido pelo uso de solvente, ou pela mistura com outros óleos, independentemente de suas proporções”.

Portante, o uso de qualquer outro produto no azeite é uma fraude.

Alertas

Os comerciantes devem verificar a procedência do azeite antes de colocarem os produtos à venda. Faz parte da responsabilidade desses estabelecimentos de venda, averiguar se não estão comprando lotes de marcas que cometeram as fraudes apuradas pelo Ministério.

Azeite reduz risco de impotência sexual, diz estudo

“Se os supermercados adquirirem e ofertarem os produtos com irregularidades, serão penalizados”, afirmou em nota o coordenador Fiscalização de Produtos Vegetais do Ministério da Agricultura, Cid Rozo.

O que fazer se eu comprar um azeite fraudado?

Se o consumidor comprou um azeite que foi retirado de circulação pelo Ministério da Agricultura, o Procon orienta que se dirija diretamente ao estabelecimento onde fez a compra, apresentando nota fiscal e o produto sem violação e peça o reembolso.

O consumidor pode procurar o Procon da sua região ou utilizar o site: consumidor.gov.br .

1
A repercussão dos ataques machistas à jornalista Patrícia Campos Mello
No final da última semana, Hans River do Rio Nascimento foi chamado para prestar depoimento na CPMI das Fake News. …
2
Governo Bolsonaro libera pesca em áreas de conservação ambiental
Uma portaria do Instituto Chico Mendes (ICMBio), órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, autorizou a pesca esportiva e amadora …
3
Chuva forte deixa São Paulo debaixo d’água
A chuva que começou ontem não deu sinal de trégua e fez São Paulo amanhecer debaixo d’água nesta segunda-feira, 10. …
4
Coronavírus: aviões da FAB vão retirar brasileiros de Wuhan, na China
Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram nesta quarta-feira, 5, em direção a Wuhan, na China, para retirar os …
5
BBB20: Mulheres decidem o destino de Pétrix Barbosa
A união das mulheres  decidiu o destino de Pétrix não apenas no Big Brother Brasil 20, mas também fora da …
6
Damares Alves: abstinência sexual, protesto e contradição?
Por que este grupo de mulheres deu as costas para a ministra Damares Alves enquanto ela defendia sua política de …
7
Bolsonaro e a demissão do secretário que viajou com jato da FAB
O presidente Jair Bolsonaro anunciou em sua conta no Twitter que vai tornar sem efeito a nomeação de José Vicente …
8
Visibilidade trans: a história de Thais de Azevedo
O que é violência para você? Para Thais de Azevedo essa pergunta resume uma trajetória de vida. Como mulher trans, …