Conheça o melhor e mais saudável jeito de comer tomate

Poucos sabem da toxidade de uma substância presente no tomate e - menos ainda - da maneira mais segura de consumi-lo; veja dicas

Por: Redação Comunicar erro

Uma bela salada de tomate parece inofensiva, porém, está cheia de solanina, uma substância tóxica presente no fruto, na batata inglesa, na berinjela e também no pimentão. A preocupação com essa substância divide opiniões, mas há quem prefira evitá-la. É o caso da apresentadora Bela Gil, que desde quando começou a estudar nutrição natural passou a reduzir o consumo de tomate e fazer substituições.

Na alimentação macrobiótica, que se baseia em alimentos naturais com pouco ou nenhum processamento, o tomate também não tem vez. Assim, como a batata inglesa, a berinjela e o pimentão.

vários tomates em uma prateleira
Crédito: Hdagli/istockTomate possui uma substância tóxica chamada solanina

Acontece que, se consumida em excesso por um longo prazo, a solanina pode causar efeitos adversos, como explica a nutricionista funcional Fernanda Lopes em uma publicação no Instagram.

“A solanina é um alcaloide tóxico que age como um mecanismo de defesa da planta contra predadores. Porém, para nós, o consumo excessivo de solanina pode causar efeitos adversos como diarreias, vômitos e problemas gastrointestinais. E dependendo do grau de intoxicação, pode haver perda de consciência, ansiedade, dificuldade de articular palavras, rigidez generalizada, espasmos nos dedos e, até mesmo, parada respiratória”, cita a nutricionista. É claro que isso acontece apenas em casos extremos.

A substância é especialmente prejudicial para pessoas sensíveis e com predisposição genética à inflamação do intestino ou das juntas.

O melhor jeito de consumir tomate

Mas, afinal, como consumir tomate de maneira mais segura? De acordo com Fernanda, não é necessário exclui-lo da dieta, já que há maneiras de reduzir a solanina presente. O cuidado começa na escolha do fruto.

1.Consuma tomates bem maduros. Quanto mais maduro, menos solanina. Evite consumir tomates verdes.
2. Adote algum processo de aquecimento/cocção para consumir o tomate. Isso ajuda a diminuir ainda mais a concentração de solanina.

tomates assado em um prato
Crédito: Deepblue4you/istcokQuando aquecido, o tomate perde parte da solanina

Apesar dessa substância tóxica, o tomate não pode ser considerado vilão, já que é um alimento rico em benefícios à saúde, e grande parte disso se deve à presença do licopeno – uma substância cientificamente reconhecida por possuir propriedades antioxidantes e potencial anti-câncer.

Falso molho de tomate

Embora o molho de tomate seja o mais comum acompanhamento de massas, há outras opções igualmente gostosas, como o molho pesto verde (feito com rúcula, manjericão, hortelã ou couve) e também falsos molhos de tomate, como o ensinado pela apresentadora Bela Gil. É um molho de cenoura, beterraba e manjericão. Veja a receita abaixo. Essa é totalmente livre da tóxica solanina.

Ingredientes:

2 colheres de sopa de azeite de oliva
3 cenouras, descascadas e cortadas em pedaços médios
½ beterraba grande, descascada e cortada em pedaços médios
½ cebola picada
2 dentes de alho picado
1 colher de chá de vinagre de maçã ou de arroz
2 colheres de sopa shoyu
3 copos de água
1 colher de sobremesa de orégano seco
1 folha de louro
1 pitada de noz-moscada
2-3 colheres de chá sal marinho
½ xícara manjericão fresco picado + 1/4 de xícara para o final

Como fazer

Aqueça o azeite em uma panela de fundo grosso em fogo médio. Adicione a cebola e o alho e cozinhe, mexendo de vez em quando, por 5 minutos, até que as cebolas fiquem translúcidas. Adicione a cenoura, a beterraba, a água, o orégano, a folha de louro, sal, manjericão e tampe a panela. Deixe ferver. Em seguida, abaixe o fogo e cozinhe por cerca de 30 minutos, até que os vegetais estejam bem macios. Bata a mistura com um misturador vertical ou um misturador habitual e ajuste o tempero se necessário. Adicione a outra metade do manjericão picado e leve ou fogo por mais 5 minutos e sirva.

Compartilhe:

1
03:38
Cuidados e prevenções para a saúde das mulheres
Dores menstruais parecem típicas, mas podem ser um sinal de endometriose. Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e comunidade, …
2
02:37
Saiba quais são os sintomas do Transtorno bipolar
O transtorno bipolar vai além das variações de humores. Hoje, o Dr. Jair de Jesus Mari, psiquiatra e professor da Unifesp, …
3
01:40
O que é a Fibromialgia e quais os sintomas?
Você já sentiu dores intensas em algumas partes do corpo? Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e comunidade, fala …
4
04:15
Quais são os sintomas que indicam diabetes?
Você sente uma fome excessiva, mas não consegue identificar o por quê? Hoje, a Dra. Luiza Cadioli, médica de família e …
5
04:43
Quais são os sintomas da Esquizofrenia?
A esquizofrenia é um dos tipos da psicose, que é um sintoma que descreve condições que afetam a mente. Hoje, o …
6
03:10
Como os fatores sociais impactam a expectativa de vida
Saneamento básico e desemprego são alguns dos fatores que podem impactar diretamente com a nossa longevidade. Hoje, a Dra. Aline de …
7
01:28
Psicose: saiba como identificar
Pensamentos vagos e incoerentes? Como identificar um surto psicótico? Hoje, o Dr. Jair de Jesus Mari, fala sobre os sintomas da …
8
02:11
Saiba como identificar os sintomas da diverticulite
A diverticulite tem se tornado uma doença comum, principalmente para pessoas acima dos 60 anos. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …