Últimas notícias:

Loading...

Ao vivo na Globo, mulher diz que transporte de SP é ‘uma bosta’

Entrevistada deixou o jornalista sem graça e ainda falou sobre o distanciamento social nos vagões: "que distância? Isso é Brasil"

Por: Redação
Ouça este conteúdo

O repórter TV Globo, Bernardo Bortolotto, estava na Linha 11 – Coral da CPTM, na manhã deste quarta-feira, 2, quando foi surpreendido por uma entrevistada que deu uma resposta bem sincerona à pergunta dele. Ele, que no momento estava numa reportagem ao vivo no “Bom Dia SP” falando sobre os problemas diários do transporte público na capital em meio à pandemia da covid-19, parou a mulher que subia com pressa a escala rolante para entrar no trem.

Crédito: Reprodução/TwitterJornalista da Globo fica descontável com resposta de entrevistada ao vivo

O jornalista pergunta o nome da moça e ela responde rapidamente: “Jaque”. Na sequência, ele questiona: “Como está o transporte público esses dias?”. Sem pensar duas vezes, ela responde: “Posso ser sincera? Uma bosta!”.

Sem graça, o repórter agradece a resposta e continua perguntando para a mulher que naquele momento tinha como destino a estação República, no centro de São Paulo. “Você que pega o transporte, tem visto muita gente, muita movimentação?”, questionou ele. Jaque disse: “Claro, é a estação mais lotada que tem e quando chega na Luz está muito cheio”. Na sequência, Bernardo ainda pergunta sobre a questão do distanciamento dentro dos vagões. Sem papas na língua, ela retruca: “Que distância? Isso é Brasil”.

Veja o recorte feito no vídeo da entrevista ao vivo:

Compartilhe: