Lima Duarte manda recado a Regina Duarte após demissão

"Não seguiu isso, dançou", disse o veterano da teledramaturgia no Conversa com Bial

Por: Redação

Lima Duarte mandou um recado a Regina Duarte, durante o Conversa com Bial, da Globo, na madrugada desta sexta-feira, 22. O ator veterano relembrou o fato de a atriz ter sido demitida do cargo de secretária de cultura do governo Bolsonaro nesta semana, e dissertou sobre a importância de associar arte à democracia.

lima duarte
Crédito: Reprodução/GloboLima Duarte falou sobre demissão de Regina Duarte do governo Bolsonaro

“Eu quero dedicar isso a ex-secretária de Cultura Regina Duarte. Democracia e arte. Reinventar a democracia, democratizar a arte. A democracia é invenção constante, é a criação contínua de novas formas de vida coletiva em liberdade. A arte é o exercício de possibilidades. É projeto e antecipação do conhecimento futuro e da ação de transformação do mundo. Não seguiu isso, dançou. E vai dançar! A arte é a forma de vida coletiva em liberdade. A arte é um exercício de possibilidades”, declarou.

A gravação da entrevista aconteceu na última quarta-feira, 20, dia em que foi anunciado o afastamento de Regina: “Eu acho que ela caiu quando entrou”, enfatizou.

Lima Duarte ainda fez uma analogia sobre a ida da artista ao mundo da política. “Me lembrou Chapeuzinho Vermelho. O Chapeuzinho perdido encontrou com o Lobo, se abraçaram, vamos casar, não casou, vamos casar, casou. Eu estava esperando o resultado do casamento”, completou.

Regina foi a quarta ocupante do cargo em apenas 17 meses de governo Bolsonaro. Sua gestão de pouco mais de dois meses não deixou nenhuma marca mais significativa.

Vale lembrar que Lima publicou há duas semanas uma gravação de um vídeo dedicado a Flávio Migliaccio, que morreu no último dia 4, após cometer suicídio: “Eu te entendo, Migliaccio”, diz o ator, iniciando uma reverência ao amigo, que deixou uma carta de despedida lamentando o futuro da humanidade e o fato de ter sido esquecido com o avanço da idade.