Repórter da Globo, Kairo Amaral morre aos 24 anos em Parnaíba (PI)

O jornalista estava afastado por cerca de um ano e lutava contra o câncer

Por: Redação
Ouça este conteúdo

O jornalista Kairo Amaral, correspondente da filial da Globo no literal do Piauí, a Rede Clube, morreu na madrugada da última quarta-feira, 16, no município de Parnaíba, Piauí. Ele estava afastado do cargo há cerca de um ano e lutava contra um câncer.

Jornalista da Globo Kairo Amaral morreu aos 24 anos
Crédito: Reprodução/TV GloboJornalista da Globo Kairo Amaral morreu aos 24 anos

Pronto para realizar a últimas quimioterapias, ele acabou tendo algumas complicações nos rins e o quadro de saúde do repórter agravou. A hemodiálise começou a ser feita, mas pela madrugada tudo piorou e ele não resistiu.

Carreira

A história de Kairo com jornalismo iniciou bem cedo, seus primeiros trabalhos aconteceram nas rádios da região de Parnaíba e logo na sequência ele foi escalado para a TV local.

Kairo chegou a produzir reportagens para o Jornal Nacional e também fez entradas na GloboNews.

Durante o seu período na emissora, ele realizou muitas coberturas, como das enchentes que desabrigou famílias no litoral piauiense. Além de ser extremamente reconhecido no ambiente de trabalho, ele também já colecionava prêmios.

Despedida de amigos

O corpo de Kairo Amaral está previsto para ser velado em uma funerária na cidade de Parnaíba. Já o  sepultamento deve acontecer às 16h desta quinta-feira, 17, também em Parnaíba.

Tiago Gomes, o substituto de Kairo no telejornal, mandou um vídeo para o programa se despedindo do amigo. “O Kairo dispensa apresentação pelo talento e boa alegria que tinha. Era um irmão, vou guardar todos os aprendizados e experiências juntos”, disse.

O amigo do repórter também disse que tem sido momento muito duro pra quem é da família. “Era muito difícil ter uma pessoa que dissesse que não gostava dele. De fato, um dia triste pro jornalismo, pra Parnaíba. Um dos maiores profissionais que a gente conheceu”, complementou a fala com voz embargada e quase chorando.

O apresentador do telejornal regional “Bom Dia Piauí”, Felipe Pereira, também falou sobre a morte do colega ao vivo. “Ele fez um brilhante trabalho, atuando aqui desde 2018. Pelas palavras do Tiago, eu me sinto com segurança em dizer que esse sonho dele [Kairo], vai continuar sendo efetivado, diante de nós que fazemos jornalismo sério e com carra pelo bem do povo do Piauí”, finalizou.

Compartilhe: