Últimas notícias:

Loading...

Anvisa suspende vendas do chocolate Kinder importado no Brasil

A medida vale para os lotes fabricados pela Ferrero, na Bélgica

Por: Redação

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou na quinta-feira, 14, uma resolução que proíbe a comercialização, distribuição, importação e consumo dos chocolates da marca Kinder fabricados pela empresa Ferrero na Bélgica.

A medida veio após a Agência receber um alerta internacional sobre os casos de salmonela na Europa associados ao chocolate fabricado em uma linha de produção belga.

kinder ovo
Crédito: Ekaterina79/istock150 casos de salmonela foram associados ao chocolate Kinder na Europa

Embora a Ferrero tenha informado que os lotes suspeitos não tenham sido distribuídos no Brasil, a Anvisa considerou prudente publicar a medida preventiva com o objetivo de informar à sociedade e de evitar que o produto seja consumido ou trazido de fora do país por pessoas físicas ou importadoras.

Além disso, a Anvisa notificou a empresa proprietária da marca Kinder a prestar informações sobre os produtos e sobre o controle de importações por terceiros.

Casos de salmonela

A Autoridade Europeia de Segurança dos Alimentos (EFSA) e o Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças (ECDC) anunciaram  que foram detectados em nove países da Europa 150 prováveis casos de salmonela ligados ao chocolate Kinder fabricado em unidade de produção belga.

kinder
Crédito: Sjo/itockA proibição vale para os chocolates da marca Kinder importados da Bélgica

Segundo as agências, as infeções ocorreram principalmente em crianças com menos de dez anos, na Espanha, França, Alemanha, Bélgica, Irlanda, Luxemburgo, Noruega, Países Baixos e Suécia.

A Ferrero fez o recall dos lotes com data de validade entre 11 de julho de 2022 e 7 de outubro de 2022, enquanto a Bélgica iniciou um inquérito para apurar as responsabilidades dentro da fábrica apontada como foco da contaminação.

Contaminação por salmonela

A salmonela é uma bactéria da família das Enterobacteriaceae que  causa intoxicação alimentar e, em casos raros, pode provocar graves infecções e até mesmo a morte.

Os alimentos contaminados são muitas vezes de origem animal. Eles incluem carne bovina, aves, frutos do mar, leite ou ovos. No entanto, todos os alimentos, incluindo algumas frutas e vegetais não lavados, podem ser contaminados.

salmonela
Crédito: Wildpixel/istock Salmonela pode provocar diarreia, cólicas estomacais e febre

Cada pessoa pode apresentar sintomas da infecção por salmonela de forma diferente. Eles podem incluir diarreia, cólicas estomacais, dor de cabeça, náusea e febre e podem começar de 12 a 72 horas após a infecção.

Como muitas doenças diferentes têm sintomas semelhantes aos da salmonela, o diagnóstico depende de exames de laboratório que identificam a salmonela nas fezes.

Para a maioria das pessoas, a infecção desaparece sozinha em uma semana, mas às vezes a condição pode se agravar.

Compartilhe: