CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Distúrbio de tireoide pode dar o primeiro sinal nos olhos

Quando a tireoide não está funcionando adequadamente, ela desregula várias funções no nosso corpo, incluindo a visão

Por: Redação

A tireoide é a responsável por regular funções importantíssimas dos órgãos do nosso corpo e seu mau funcionamento pode causar ganho de peso, depressão e até problemas na visão. E é justamente nos olhos que pode aparecer o primeiro sinal perceptível de alteração na glândula.

O problema mais significativo é a Oftalmopatia de Graves. Ela ocorre quando há um deslocamento do globo ocular para frente de um ou dos dois olhos, dando o aspecto de olhar saltado.

“Isso acontece devido a um aumento dos músculos oculares, que se tornam espessos, mas podem também ser causados por um acúmulo anormal de gordura na porção orbitária atrás dos olhos”, explica o oftalmologista do Hospital CEMA, Omar Assae.

Além do deslocamento do globo ocular, pode ocorrer também paralisia ocular, retração da pálpebra, vermelhidão, edema na órbita e mesmo perda visual, nos casos onde há compressão do nervo ótico.

imagem foca os olhos de um homem
Crédito: Rawpixel/istockAlteração da tireoide pode causar problemas nos olhos

Problemas na tireoide

Quando a tireoide não está funcionando adequadamente pode liberar hormônios em excesso, provocando o hipertireoidismo ou em quantidade insuficiente, provocando o hipotireoidismo. Ambos os casos são mais comuns em mulheres.

A tireoide também pode ser afetada por nódulos tireoidianos. A Sociedade Brasileira de Endocrinologia estima que 60% das pessoas vão ter algum nódulo na tireoide no decorrer da vida. Por isso, é importante ficar atento aos sinais, e principalmente, fazer exames periódicos para um correto diagnóstico.

Crédito: Getty Images/iStockphotoTireoide é uma glândula endócrina que regula a função de vários órgãos

Além da alteração nos olhos, outros sinais podem aparecer. Em sua forma mais suave, o hipotireoidismo pode não apresentar sintomas facilmente reconhecíveis. Nesses casos, a pessoa pode ter sensação de desconforto e fraqueza. Por outro lado, o hipertireoidismo pode estar associado a vários sintomas, tais como:

– aceleração dos batimentos cardíacos, mais de 100 por minuto (chamada taquicardia);
– irregularidade no ritmo cardíaco, principalmente em pacientes com mais de 60 anos;
– nervosismo, ansiedade e irritação;
– mãos trêmulas e sudoreicas;
– perda de apetite;
– intolerância a temperaturas quentes e probabilidade de aumento da sudorese;
– queda de cabelo e/ou fraqueza do couro cabeludo;
– rápido crescimento das unhas, com tendência à descamação das mesmas;
– fraqueza nos músculos, especialmente nos braços e coxas;
– intestino solto;
– perda de peso importante;
– alterações no período menstrual;
– aumento da probabilidade de aborto;
– olhar fixo;
– protusão dos olhos, com ou sem visão dupla (em pacientes com a Doença de Graves);
– acelerada perda de cálcio dos ossos, com aumento do risco de osteoporose e fraturas.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.