Jovem de 26 anos morre em São Paulo por coronavírus

Como será possível uma "gripezinha" matar um rapaz tão novo? Talvez o presidente Jair Bolsonaro esteja enganado

Por: Redação

A assessoria de imprensa do Hospital Santa Cruz, na zona sul de São Paulo, confirmou a morte de um jovem de 26 de anos idade, infectado pelo novo coronavírus. Ele estava internado na unidade desde o dia 23 de março, com problemas respiratórios, segundo informou o G1.

Como é possível uma “gripezinha”, ou um “resfriadinho”, como mencionou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), matar um rapaz tão novo?

Crédito: DivulgaçãoHospital Santa Cruz confirma morte de jovem de 26 anos por coronavírus

Ao G1, o Hospital Santa Cruz informou que a vítima de 26 anos estava em tratamento para hiperuricemia, quando há presença de altos níveis de ácido úrico no sangue, e que procurou o Pronto Socorro da unidade com quadro de síndrome respiratória grave.

“Sua tomografia de tórax revelou padrão compatível com pneumonite viral e, frente a possibilidade de caso suspeito de Covid-19, foi isolado e testado para PCR para SARS-CoV-2, com resultado positivo após 24 horas”, diz a nota do hospital.

Neste sábado, 28, o Ministério da Saúde informou que só o estado de São Paulo já contabilizava 84 óbitos por covid-19. Com a morte deste jovem, e mais a de um estudante da Universidade de São Paulo (USP), de 56 anos, o estado já tem 86 mortes confirmadas por coronavírus. Ao todo, o Brasil tem 117 mortes por coronavírus.