Últimas notícias:

Loading...

Varíola do macaco: autoridades investigam transmissão via sexual

O que se sabe até então é que a doença não é uma infecção sexualmente transmissível, mas que pode ser transmitida por contato íntimo e prolongado

Por: Redação

A Europa detectou dezenas de casos suspeitos ou confirmados de varíola do macaco desde o início de maio e há a suspeita de que o vírus possa estar se espalhando via sexual.

A Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido (UKHSA) destacou que os casos recentes ocorreram predominantemente entre homens que se identificaram como gays, bissexuais ou homens que fazem sexo com homens.

A Espanha também disse que os casos no país são em homens que têm relações sexuais com outros homens. Portugal apenas informou que os casos foram registrados entre homens jovens.

varíola do macaco
Crédito: Science Photo LibraryAutoridades investigam se vírus da varíola do macaco possa estar se espalhando via sexual

“Muitos desses relatos globais de casos de varíola dos macacos estão ocorrendo dentro de redes sexuais”, disse Inger Damon, diretora da Divisão de Patógenos e Patologia de Alta Consequência do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

“No entanto, os profissionais de saúde devem estar atentos a qualquer erupção cutânea que tenha características típicas da varíola dos macacos”, completou

O que se sabe até então é que a varíola do macaco não é uma infecção sexualmente transmissível, mas que pode ser transmitida por contato íntimo e prolongado durante o sexo, através dos fluídos das bolhas que se formam na pele e das gotículas respiratórias da pessoa contaminada.

varíola do macaco
Crédito: Reprodução/Dermatology AdvisorVaríola do macaco forma bolhas no corpo

A transmissão também pode ocorrer a partir de compartilhamento de itens (como roupas e roupas de cama) que foram contaminados com fluidos da pessoa contaminada.

Por isso, o CDC destaca que qualquer pessoa, independentemente da orientação sexual, pode espalhar a infecção. E que o fato de a doença se espalhar durante o sexo não significa que essa seja a principal via de transmissão do vírus.

O que é a varíola do macaco?

O vírus da varíola dos macacos está relacionado ao vírus da varíola, uma doença que foi declarada erradicada em 1980.

Esse vírus foi isolado pela primeira vez na década de 70, na República Democrática do Congo, e aparecia esporadicamente na Europa e nos EUA, associado a viagens ao continente africano.

Porém, agora a maioria dos casos na Europa não tem ligação com viagens à África, o que indica que a transmissão está acontecendo internamente.

Até o momento, foram confirmados cinco casos em Portugal e um nos Estados Unidos. Vários outros suspeitos estão em investigação na Espanha.

Sintomas

Os sintomas da varíola dos macacos são semelhantes, mas mais leves do que os da varíola. A infecção geralmente começa com sintomas parecidos com os da gripe, como febre, dor muscular e linfonodos inchados antes de causar uma erupções na pele do rosto e do corpo todo. Essas bolhas são dolorosas e cheias de líquido.

A maioria das pessoas se recupera em algumas semanas, sem necessidade de tratamento. A doença só foi fatal em casos raros.

Compartilhe:

Tags: #Doença
?>