Últimas notícias:

Loading...

Saiba quanto custa visitar os cânions de Cambará do Sul

Para conhecer os cânions do Itaimbezinho e Fortaleza agora é preciso pagar

Por: Redação

Pensando em conhecer os cânions Itaimbezinho e Fortaleza, em Cambará do Sul (RS)? Então prepare o bolso. É que desde 1º de outubro, o acesso aos Parques Nacionais de Aparados da Serra e da Serra Geral, onde ficam as duas atrações passou a ser cobrado.

As áreas de visitação dos dois parques foram concedidas no início do ano à Urbia Cânions Verdes.

Cânion Itaimbezinho  Cambará do Sul
Crédito: Divulgação/UrbiaVista do imponente cânion Itaimbezinho, em Cambará do Sul (RS)

Os ingressos podem ser comprados de forma online ou nas bilheterias instaladas nas áreas de visitação dos parques, localizadas nas cidades de Cambará do Sul (RS) e Praia Grande (SC).

Os bilhetes custam R$ 35 por pessoa por dia para visitar os dois cânions, o Itaimbezinho e Fortaleza, e a trilha do Rio do Boi, que tem acesso por praia Grande. Para dois dias, a tarifa é de R$ 55. A partir de 1ª de dezembro os valores passam a ser de: R$ 50 e R$ 80, respectivamente.

O tíquete do estacionamento pode ser comprando junto com o ingresso. Os valores são: R$ 5 (moto); R$ 10 (carro); R$ 20 (vans) e R$ 50 (ônibus). Saiba mais aqui;

Cambará do Sul cânios
Crédito: Renato Soares/MTur O cânion Fortaleza faz parte do Parque Nacional da Serra Geral, em Cambará do Sul

Cânions verdes

Os Parques Nacionais de Aparados da Serra e da Serra Geral juntos somam mais de 30 mil hectares. Ambos, possuem parte de seu território no estado do Rio Grande do Sul, e parte em Santa Catarina. Seus principais atrativos são o cânion Itaimbezinho, que inclui a trilha do Rio do Boi na base do cânion, e o cânion Fortaleza.

Suas paisagens apresentam os biomas da Mata Atlântica, das florestas de araucária e dos campos de altitude que terminam em paredões de beleza singular no planeta.

Trilha do Rio do Boi

Para ter acesso à trilha do Rio do Boi, o visitante deve estar acompanhado de guias credenciados e autorizados pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade  (ICMBio).

Crédito: Divulgação/UrbiaPara ter acesso à Trilha do Rio do Boi, o visitante deve estar acompanhado de condutores credenciados e autorizados pelo ICMBio

As visitas podem ser agendadas pelo site da Urbia Cânions Verdes, assim como a compra de ingressos. Mas, para que o passeio ocorra, é necessário que todo o percurso da trilha seja supervisionado pelos profissionais –pagos à parte.  Confira aqui lista de guias credenciados.

Compartilhe: