Dimenstein: por que eu defendo Tabata Amaral?

Em meio à polêmica envolvendo a votação pela reforma da Previdência, que aconteceu nesta quarta-feira, 10, no plenário da Câmara, em Brasília, a deputada Tabata Amaral (PDT-SP) foi a parlamentar mais atacada nas redes por ter votado a favor da proposta.

A deputada inclusive usou as redes sociais pra defender sua posição: “Hoje a Previdência tira dinheiro de quem menos têm e transfere para os mais ricos. Ela aumenta a desigualdade do País em 1/5. E é um impasse ao desenvolvimento do País. Ser de esquerda não pode significar que vamos ser contra um projeto que de fato pode tornar o Brasil mais inclusivo e mais desenvolvido”, disse.

De acordo com o jornalista Gilberto Dimenstein, Tabata Amaral fez uma coisa simples: “Ela fez contas. E quando você faz contas com calma, com tranquilidade, sem paixão e sem manipulação, você vê o seguinte: sem essa reforma o Brasil quebra e se quebrar vai sofrer todo mundo. Todo mundo mesmo. Do rico até o pobre.” Confira o comentário na íntegra no vídeo:

Leia mais: