Homem morre após ir à ‘festa da covid’ no Texas

“Acho que cometi um erro, pensei que isso era uma farsa, mas não é”, disse o jovem antes de morrer

Por: Redação

Um homem de 30 anos morreu após ir à uma “festa da covid” para tentar provar que a doença era uma farsa. O caso aconteceu na cidade de San Antonio, no Texas (EUA).

O jovem, que não teve o nome revelado, foi internado no Hospital Metodista de San Antonio após apresentar os sintomas do novo coronavírus.

fsta covid
Crédito: Reprodução/ABCAs “festas da covid” têm se tornado frequentes nos EUA

De acordo com a médica Jane Appleby, diretora da unidade de saúde, ele teria confessado a presença na festa a enfermeiras pouco antes de morrer.

“Pouco antes de o paciente morrer, ele olhou para a enfermeira e disse: ‘Acho que cometi um erro, pensei que isso era uma farsa, mas não é’”, contou Appleby ao canal “Ksat 12”, afiliada local da ABC.


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


As “festas da covid” têm se tornado frequentes entre os jovens americanos com objetivo de que as pessoas peguem o novo coronavírus intencionalmente. Os motivos variam desde querer desenvolver imunidade até competir para ver quem é infectado primeiro.

“Eu não quero ser alarmista, nós estamos apenas tentando compartilhar alguns exemplos do mundo real para ajudar a nossa comunidade a perceber que este vírus é muito sério e pode se espalhar facilmente”, disse a médica.

Nos últimos dias, os EUA registraram um recorde de casos do novo coronavírus, com mais de 66 mil casos detectados em 24 horas. O país é o mais impactado pela pandemia de covid-19, tanto em número de casos quanto em número de mortes.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.