Alunos enviam cartas cheias de carinho e esperança para idosos em isolamento ❤

Em ação solidária, alunos de colégios particulares produzem cartas e poesias para idosos durante a pandemia

Por: Redação

O isolamento social tem sido uma tarefa emocionalmente desafiadora durante a pandemia do novo coronavírus. E para os idosos a palavra isolamento ganhou um significado ainda mais duro. Milhares deles vivem em casas de repouso e estão impossibilitados de receber visitas de familiares, privados do abraço de filhos e netos — medida necessária para reduzir os riscos a um grupo particularmente vulnerável à covid-19.

E uma ação que incluiu alunos dos colégios Santi, pH, Motivo e Sigma, alunos produziram mais de 400 cartas, cartazes, e vídeos que foram enviados durante todo o mês de maio aos idosos em abrigos nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Brasília. A ideia é de levar, nesse momento tão difícil, um pouco de alegria, amor, carinho e esperança aos idosos e, ao mesmo tempo, trabalhar nos estudantes valores fundamentais como solidariedade e empatia.

“Entendemos que uma boa educação não se restringe ao desempenho escolar. É preciso oferecer uma formação integral que valorize tanto habilidades cognitivas quanto socioemocionais. Queremos formar mais do que profissionais de excelência, mas cidadãos empáticos, comprometidos com a transformação social do seu contexto”, enfatizou Juliana Diniz, diretora pedagógica da Saber,  frente de escolas privadas de educação básica da Cogna.


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


A distribuição do material foi registrada pelos responsáveis das casas de repouso para que os estudantes possam acompanhar o efeito da ação. “A adesão ao projeto foi muito positiva e superou as expectativas. Os alunos entenderam bem a mensagem e se mostraram empolgados diante da possibilidade de ajudar, o que nos faz crer que estamos no caminho certo”, completou Juliana.