CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Estudantes de escolas públicas em SP terão aulas por aplicativo

As aulas seriam ministradas por grupo de professores para alunos matriculados em todas as séries

Por: Redação

O governo do estado de São Paulo anunciou a suspensão gradual das aulas nas escolas das redes estadual e municipal, a partir desta segunda-feira, 16. No dia 23 todas as unidades de ensino ficam fechadas. Além da medida, foi desenvolvido um aplicativo para que os alunos possam seguir estudando em casa durante o recesso provocado pelo coronovírus.

Em entrevista à Globo, Rossieli Soares, secretário estadual da Educação, disse que o aplicativo com internet gratuita deve ser disponibilizado aos estudantes em até duas semanas. As aulas seriam ministradas por grupo de professores para alunos matriculados em todas as séries.

Crédito: Sergio Andrade/Secretaria da EducaçãoEscola Estadual Rodrigues Alves, na Avenida Paulista

“O aplicativo já está desenvolvido, conteúdo nós conseguimos gerar, temos professores maravilhosos. Seria um grupo de professores especialistas dentro das áreas de conhecimentos dentro dos componentes curriculares que estariam fazendo as aulas e orientações ao vivo para todos os alunos, de todos os anos, todas as séries”, afirmou o secretário.

Em relação aos custos da internet, Rossieli contou que o governo está procurando um parceiro privado para colaborar. “Nós já temos reunião com as teles [empresas de telefonia], estamos trabalhando para isso”.



Férias em abril

Outra medida do governo foi antecipar o recesso que aconteceria no mês de abril (pela primeira vez) nas escolas estaduais. Agora, o recesso começará na próxima semana, disse Rossieli.

“Depois, antecipação de férias [de julho] e o último fim de semana do mês de outubro. Vai chegar no mês de julho e na semana de outubro. É inevitável e necessário, nós não vamos abrir mão de concluir o ano letivo. Afinal de contas, no fim do ano tem Enem, tem entrada no vestibular. Então, nós vamos administrar da melhor maneira possível”, enfatizou.

Casos no mundo

Na quarta-feira, 11, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou pandemia do novo coronavírus e informou que, nas próximas semanas, o número de casos, de mortes e o número de países afetados deve aumentar ainda mais.

De acordo com os dados da Universidade Johns Hopkins, que monitora a situação globalmente, com a ajuda de diversos institutos e ministérios de saúde dos países, os casos de pessoas infectadas já passam de 120 mil no mundo, com mais de 4 mil mortes.

Sintomas do novo coronavírus

Os sinais e sintomas do coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado, com febre, tosse e dificuldade para respirar. O Covid-19 pode, também, causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias.

Cuidados para prevenir o coronavírus

Diante dos primeiros casos confirmados no Brasil, o Ministério da Saúde reforça as medidas de prevenção para evitar que o vírus se espalhe por aqui. São cuidados simples que reduzem o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas. Entre as medidas estão:

  • Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;
    realizar lavagem frequente das mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • Manter os ambientes bem ventilados;
  • Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
    Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

ilustração ensinando o jeito de lavar as mãos

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.