Carlinhos Mendigo ataca a ex: ‘Devia fazer igual o goleiro Bruno’

Humorista se revoltou com Aline Hauck por não conseguir ver o filho, Arthur, de 8 anos

Por: Redação

Carlinhos Mendigo usou seu perfil no Instagram para gravar stories reclamando da ex-esposa, Aline Hauck, por não ter conseguido ver o filho, Arthur, de 8 anos, no dia de seu aniversário de 40 anos, nesta quinta-feira, 23.

carlinhos mendigo
Crédito: Reprodução/InstagramCarlinhos Mendigo disparou ataque contra a ex-esposa por não conseguir ver o filho

Segundo relato revoltado do humorista, o encontro foi combinado entre os advogados dele e da bailarina. Contudo, ele teria sido impedido de pegar o garoto. Indignado, o famoso disparou: “Devia fazer igual ao goleiro Bruno“.

O humorista se referiu ao crime cometido pelo ex-goleiro do Flamengo, que foi condenado a 22 anos de prisão pelo envolvimento na morte da modelo Eliza Samúdio, com quem teve um filho. A modelo foi assassinada e teve o corpo esquartejado e enterrado sob uma camada de concreto. Ele ficou preso por seis anos e já está em liberdade.

“Cada dia que passa, mais eu entendo o goleiro Bruno. Tem gente que merece muito mais do que sequestrador, torturador, estuprador. Sequestrar e estuprar a mentalidade de uma criança menor pode, né?”, completou Carlinhos.

Ao ser criticado pelos seguidores por conta das declarações polêmicas, o humorista tentou se justificar: “Isso é liberdade de expressão. É quando você é atacado você tem a liberdade de atacar também”.

carlinhos mendigo

Mendigo e Aline enfrentam uma batalha na Justiça por conta do atraso no pagamento de pensão alimentícia.  em briga na justiça pela pensão alimentícia do filho.

“Mais um dia, mais um ano sem meu filho. Acabei de falar com ela, falou que ele tem consulta, que ninguém avisou nada. Meu advogado falou com a advogada dela ontem, estou com os prints da conversa”, alegou ele.

Chateado de ter se deslocado até o encontro do filho em vão, Mendigo declarou que essa é uma situação corriqueira entre ele e a ex-mulher.

“Nunca normalizou, nem nunca normalizará porque a gente não tem uma lei que projeta a gente [pais] nesses casos. Ela não cumpre [os acordos] tem oito anos”, disse o ex-Pânico.

ATENÇÃO!

A declaração de Carlinhos Mendigo que, segundo ele, foi apenas ‘liberdade de expressão’, é muito mais séria do que a gente imagina. Segundo levantamento feito pelo G1 e pela GloboNews, o estado de São Paulo teve recorde de casos de feminicídio em 2019, com 154 ocorrências entre janeiro e novembro. As informações foram baseadas em boletins de ocorrência disponibilizados pela Secretaria Estadual da Segurança Pública (SSP).

O número total representa aumento de 29% em relação aos 119 assassinatos do mesmo tipo contabilizados no período equivalente do ano anterior. Além disso, supera os 134 casos registrados no estado durante todo o ano de 2018.

A quantidade de 2019 é a maior desde o início da série história, em 2015. A publicação da lei em março determina punições mais graves para homicídios que se encaixam na definição de feminicídio, que passou a ser tratado como crime hediondo.

Grande parte dos crimes tem autor identificado (79%), ocorreu dentro de casa (68%) e por motivos como a separação.


Imagem Carnaval Sem Assedio
1
A eterna campanha para desqualificar ‘Democracia em Vertigem’
A menos de uma semana do Oscar, o documentário “Democracia em Vertigem” volta a ser alvo de ataques. Desta vez, …
2
Democracia em Vertigem é indicado ao Oscar; confira outros finalistas
Finalmente foi divulgada a lista dos finalistas ao Oscar 2020 e uma das grandes surpresas para nós brasileiros foi a …
3
Davi (ex-Banda Uó) indica seus lugares favoritos em SP
Qual a relação entre uma batalha de vogue e o bairro oriental da Liberdade? Na cidade de São Paulo vivida …
4
Cenas de machismo que não queremos ver novamente no próximo BBB
Entramos na contagem regressiva para a estreia da 20ª edição do Big Brother Brasil (BBB), prevista para ir ao ar …
5
Adoniran Barbosa ganha documentário sobre sua vida e obra
Finalmente Adoniran Barbosa ganhará uma homenagem à altura de seu talento. O documentário "Adoniran - Meu Nome É João Rubinato" …
6
Netflix: ‘O Monstro ao Lado’ mostra os caminhos tortuosos da justiça
O documentário "O Monstro ao Lado" retrata o dramático processo de julgamento de John Demjanjuk, um pacato cidadão ucraniano que …
7
‘O Irlandês’, de Scorsese, na sua sala
"O Irlandês", filme do diretor Martin Scorsese é lançado na plataforma de streaming Netflix.Com um elenco de tirar o fôlego …
8
‘Inacreditável’: a série da Netflix que veio para surpreender
A série original da Netflix "Inacreditável" é baseada em um caso real e promete te fazer maratonar os 8 episódios …