Alimentos que ajudam a controlar os níveis de açúcar no sangue

Açúcar elevado no sangue podem ser um prenúncio de diabetes. No entanto, a alimentação é a chave para manter os níveis saudáveis

Reduzir o açúcar no sangue comendo pode parecer tentador. Mas apenas alguns alimentos muito específicos podem ajudar nessa questão, já que os alimentos geralmente têm exatamente o efeito oposto – eles aumentam o açúcar no sangue.

Isso ocorre porque os alimentos devem fornecer energia ao organismo. Muitos deles, portanto, consistem principalmente em carboidratos ou compostos de açúcar, como a frutose.

Durante o processo digestivo, o corpo decompõe esses nutrientes na molécula de açúcar, glicose, em várias etapas.

Esta é a fonte de energia que o sangue transporta para o organismo.

Sem esta energia da glicose, os músculos ou o cérebro, entre outras coisas, não seriam capazes de funcionar.

Alimentação e açúcar no sangue

Normalmente, o açúcar no sangue aumenta após uma refeição. Não é necessário ter comido uma sobremesa doce, basta uma porção de carboidratos, como uma massa.

Mas utilizando certos ingredientes, é possível ajudar seu corpo a lidar mais rapidamente com o aumento de energia dos alimentos. 

É importante, no entanto, saber que a redução do açúcar no sangue através da dieta não pode substituir o tratamento médico, mas pode apoiá-lo de forma natural.

Além disso, claro, é necessário dar um atenção a uma dieta saudável em geral. Há pouca utilidade em comer os alimentos recomendados, mas se servir de doces, bolos e bebidas açucaradas em paralelo.

Alimentos não devem substituir os cuidados médicos na hora e reduzir açúcar no sangue
Créditos: karissaa/DepositPhotos
Alimentos não devem substituir os cuidados médicos na hora e reduzir açúcar no sangue

Alimentos que podem ajudar a reduzir os níveis de açúcar no sangue

Alho

O tubérculo picante tem muitos lados saudáveis. Uma revisão de estudos publicada na revista Nutrients neste ano aponta para o efeito redutor do açúcar no sangue.

De acordo com os pesquisadores chineses, que analisaram mais de 2 mil trabalhos, substâncias presentes no vegetal atuam no equilíbrio da produção de insulina — hormônio que permite a entrada da glicose (açúcar) dentro das células. Dessa forma, ajuda a promover o controle glicêmico no sangue e reduzir o risco de diabetes tipo 2.

Azeite

O azeite de oliva extra virgem prensado a frio é, entre outras coisas, um componente central da dieta mediterrânea.

Além do seu efeito positivo no coração e na circulação, o azeite também pode ajudar a melhorar a sensibilidade à insulina, contribuindo para um melhor controle dos níveis de açúcar no sangue.

Canela

A canela é considerada um remédio na medicina natural, como o Ayurveda indiano. Um estudo de 2013 encontrou efeito de redução glicêmica, com uma dosagem diária de 120 miligramas.

Uma forma de consumir mais do condimento é, por exemplo, em vez de açúcar, colocar canela nas sobremesas.

Tomate

O tomate tem um baixo índice glicêmico (IG). Alimentos com baixo IG são importantes para controlar os níveis de glicose, pois evitam picos súbitos que podem ser prejudiciais, especialmente para pessoas com diabetes.

Além disso, o tomate é uma excelente fonte de fibras dietéticas. As fibras desaceleram a digestão e a absorção de carboidratos, ajudando a evitar aumentos rápidos nos níveis de açúcar no sangue.

Leguminosas

As leguminosas, como feijão, lentilha, grão-de-bico e ervilha, ajudam a reduzir o açúcar no sangue por vários motivos.

Primeiramente, são ricas em fibras solúveis, que retardam a digestão e a absorção dos carboidratos. Isso resulta em uma liberação mais lenta e gradual de glicose na corrente sanguínea, evitando picos de açúcar.

Outro fator importante é a presença de proteínas nas leguminosas. A proteína também ajuda a diminuir a velocidade da digestão, contribuindo para a manutenção de níveis estáveis de açúcar no sangue.

Vegetais de folhas verdes

Os vegetais de folhas verdes quase não contêm carboidratos, mas contêm fibras. A fibra vegetal retarda o processo digestivo e assim equaliza os picos de ingestão de açúcar.

Esses vegetais verdes reduzem o açúcar no sangue por meio do kaempferol, um flavonoide que possui propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.

Exemplos de vegetais ricos em kaempferol são o espinafre, couve e ervas como cebolinha, endro e estragão.

Vinagre de maçã

O vinagre de maçã é conhecido por sua capacidade de ajudar a controlar os picos de açúcar no sangue após as refeições. 

Alguns estudos sugerem que ele pode retardar o movimento dos alimentos pelo trato digestivo e interferir em certas enzimas que quebram os carboidratos em açúcares simples. Dessa forma, propicia picos mais baixos de açúcar no sangue.