Últimas notícias:

Loading...

Confira o ranking dos cereais que mais ajudam a emagrecer

Por: Redação

A alimentação é a grande responsável pela sensação de inchaço e estufamento em homens e mulheres, mas também pode ser a solução. Ingerir cereais e sementes é uma ótima opção já que, além de afastar a fome,  melhora a digestão  e o funcionamento do intestino.

O site Minha Vida, parceiro do Catraca Livre, conversou com duas nutricionistas  que montaram um ranking os cereais que mais ajudam a emagrecer, de acordo com a quantidade de fibras de cada um.

Veja abaixo:

Chia

Crédito: Getty Images/iStockphotoChia dá sensação de saciedade

A sementinha mexicana que ainda está ganhando popularidade no Brasil foi eleita uma das melhores opções para o café da manhã. “Além do alto teor de fibras, ela forma uma espécie de gel no estômago que auxilia na redução do apetite ao aumentar ainda mais a saciedade”, afirma Bruna Pinheiro.

A chia também fornece mais proteínas do que flocos de milho, arroz, trigo e até mesmo a poderosa aveia. Outros nutrientes encontrados são cálcio, ômega 3, fósforo, magnésio, potássio, zinco, ferro e cobre. Por ter sabor leve, ela pode ser adicionada a sucos, vitaminas e iogurte sem prejuízos ao paladar. Uma colher de sobremesa por dia já é uma quantidade ideal.

Uma porção de 100 gramas contém:
Calorias: 536
Carboidrato: 44g
Proteína: 17,2g
Gordura: 32,8g
Fibras: 27,6g

Linhaça

Crédito: Getty Images/iStockphotoLinhaça é rica em proteínas, vitaminas e minerais

Além de rica em fibras, a semente de linhaça é rica em uma gordura que faz bem à saúde: o ômega 3. “Tanto a chia quanto a linhaça são oleaginosas que apresentam gorduras de origem vegetal (poli e mono insaturadas), que são muito importantes para a saúde cerebral e cardiovascular”, afirma a nutricionista Flávia.

As especialistas também contam que a semente é rica em lignana, substância que ajuda na prevenção do câncer de mama e próstata, além de proteínas, vitaminas e minerais. Bruna Pinheiro sugere moer ou triturar a semente para aproveitar melhor os nutrientes. “Estudos também mostram que uma colher de sopa por dia é a quantidade ideal de consumo”, afirma.

Uma porção de 100 gramas de linhaça dourada contém:
Calorias: 453,3
Carboidrato: 0
Proteína: 15g
Gordura: 42,66g
Fibras: 25,33g

Centeio

Crédito: Getty Images/iStockphotoPessoas intolerantes ao glúten devem passar longe do centeio

O centeio também é um campeão em fibras para ajudar na saciedade. Ele costuma ser encontrado misturado a outros cereais e ajuda a fornecer proteínas, que dão mais energia para o corpo e ajudam você a ficar satisfeito. A quantidade deste e dos outros cereais pode ser maior do que as oleaginosas, por volta de duas colheres de sopa por dia. “Mas quem tem doença celíaca deve passar longe desse cereal, que contém glúten”, adverte Bruna Pinheiro.

Uma porção de 100 gramas contém:
Calorias: 336 kcal
Carboidrato: 73,3
Proteína: 12,5g
Gordura: 1,8g
Fibras: 15,5g

Trigo em grãos

Crédito: Getty ImagesA opção é misturar com iogurtes

“Diferente dos grãos refinados, o trigo em grão preserva o gérmen e o farelo, onde se concentram a maior parte das fibras, vitaminas e minerais”, afirma a nutricionista Bruna. Mas fique atento ao rótulo se for escolher esse tipo: há produtos feitos com trigo refinado e, por isso, são mais pobres em fibras. Para disfarçar o gosto da versão integral, que é meio amargo, você pode fazer uma mistura de cereal, frutas e iogurte ou leite.

Uma porção de 100 gramas contém:
Calorias: 342,2 Kcal
Carboidrato: 75,5g
Proteína: 11,3g
Gordura: 1,7g
Fibras: 12,2g

Confira a lista completa no site Minha Vida.

Veja também:

Compartilhe:

Tags: #Comida #Dieta
?>