CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

SP tem menor taxa de isolamento para um sábado desde o início da quarentena

A meta do governo é 60%, a fim de evitar um colapso do sistema de saúde

Por: Redação

O estado de São Paulo registrou ontem a sua menor taxa de isolamento social para um sábado: 50%. Antes, a menor taxa para um sábado tinha sido registrada no dia 25 de abril, quando ela alcançou 52%.

Na capital paulista, a taxa desde sábado também registrou apenas 50% de isolamento. Nos finais de semana, ela costumava subir.

A meta do governo é que a taxa de isolamento social no estado fique em torno dos 60%, a fim de evitar um colapso do sistema de saúde e o lockdown.

Crédito: © Rovena Rosa/Agência BrasilMovimento no Viaduto do Chá durante a quarentena

Quando a quarentena teve início no estado de São Paulo, no dia 23 de março, a taxa aos finais de semana chegava a atingir 59%, valor máximo que foi alcançado no estado desde que o isolamento teve início.



Mas essa taxa vem caindo em todo o estado há cerca de 15 dias, ficando sempre abaixo de 50%, com exceção dos finais de semana.

O governo paulista considerava satisfatória uma taxa acima de 50% mas, com o avanço da doença pelo estado, o mínimo considerado satisfatório nos últimos dias passou a ser 55%. A taxa ideal é acima de 70%, o que ajudaria a diminuir a propagação da doença e impedir um colapso no sistema de saúde.

Na sexta-feira, o governador João Doria anunciou a manutenção da quarentena no estado paulista até o dia 31 de maio. Segundo o governo paulista, a medida só começará a ser flexibilizada quando houver a redução sustentada dos números de novos casos de covid-19 por 14 dias e quando a manutenção da ocupação dos leitos de UTI estiver em patamar inferior a 60%.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.