CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Vídeo mostra como tosse pode espalhar coronavírus dentro de avião

Gotículas menores de saliva podem viajar pelo ar e se espalhar pela cabine

Por: Redação

Um vídeo divulgado pela Escola de Engenharia Mecânica da Universidade de Purdue, nos Estados Unidos, mostra como um passageiro infectado com o novo coronavírus pode facilmente contaminar os demais dentro de um avião. Na simulação, é possível ver como as gotas de saliva se espalham pela cabine depois que um passageiro tosse.

gif tosse espalha coronavírus dentro de avião

Cerca de dez pessoas ao redor do passageiro contaminado correm maior risco devido à proximidade, mas as gotículas com o vírus podem alcançar até passageiros que estão a quatro fileiras de distância.

Acontece que gotas maiores viajam apenas curtas distâncias antes de cair no chão ou em qualquer superfície, razão pela qual a distância social segura recomendada entre as pessoas é de dois metros. Já os aerossóis, que são pequenos, podem viajar mais – como o visto no GIF.

A simulação é baseada em vírus aéreos que permanecem no ar, mas os cientistas ainda não têm certeza se o SARS-CoV-2, que causa a covid-19, se encaixa nessa categoria.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a área de maior risco dentro de aeronaves são as duas filas na frente, atrás ou ao lado de uma pessoa infectada. Porém, em 2003, durante o surto de SARS, em um avião que transportava uma pessoa infectada, 45% dos que pegaram a doença estavam sentados fora dessa área de maior risco.

A relação com ar-condicionado

Os cientistas acreditam que o ar-condicionado pode ajudar a impulsionar um vírus pelo ambiente, principalmente em espaços confinados sem janelas, como o de aviões.

avião coronavírus
Crédito: VICHAILAO/istock Estudos apontam que coronavírus pode ser transmitido pelo ar em ambientes fechados, com ar-condicionado

Um relatório da revista do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), de 2 de abril, analisou um conjunto de casos em Guangzhou, na China, que podem ter sido causados por ar-condicionado.

Dez pessoas em três famílias foram diagnosticadas com o vírus depois de comer no mesmo restaurante. As pesquisas disseram que as gotas de tosse e espirro por si só não poderiam explicar a propagação do vírus.

Então, os pesquisadores concluíram que “a transmissão de gotículas foi motivada pela ventilação com ar-condicionado. O fator-chave para a infecção foi a direção do fluxo de ar.



Compartilhe:

1
Atividades divertidas para entreter as crianças durante a pandemia de coronavírus
O isolamento social imposto pelo do novo coronavírus é um desafio para nós e para as crianças também. Com as …
2
Coronavírus: conheça novos sintomas que podem indicar que você está com covid-19
Se você acompanha o noticiário sobre o novo coronavírus com certeza já deve ter ouvido falar sobre os principais sintomas …
3
Depressão: tudo o que precisamos saber sobre a doença
Não se trata de frescura e nem de preguiça. Depressão é uma doença grave e incapacitante que atinge mais de …
4
Cloroquina vs coronavírus: o que a ciência diz sobre o uso do medicamento
Da noite pro dia a cloroquina que é usada principalmente no tratamento contra a malária e algumas doenças reumatológicas, se …
5
Barato: yoga online para você praticar em casa na quarentena
O que você tem feito para aliviar a pressão da quarentena? Você tem colocado o seu corpo em movimento?  Se …
6
4 dicas essenciais para você fazer home office na quarentena
Teve que transformar a sua casa em um ambiente de trabalho por conta da quarentena causada pelo coronavírus? Então, este …
7
Coronavírus: entenda o colapso do sistema de saúde e funerário do Equador
Quanto mais avança a contaminação pelo mundo, mais cenas trágicas e impactantes a pandemia de coronavírus acaba criando. Como é …
8
O que a ciência e o Ministério da Saúde pensam sobre o coronavírus
Este Giro Catraca Livre vai ser um pouquinho diferente. Ao invés da gente mergulhar num tema e tentar traduzir ele …