Buenos Aires reserva atrações e experiências além dos cartões-postais

Um simples passeio pelas ruas da capital argentina já se torna uma experiência inesquecível

Por: Márcio Diniz

Cidade com ares cosmopolita e que preserva suas construções históricas. Assim é Buenos Aires. Um simples passeio pelas ruas da capital argentina já se torna uma experiência inesquecível. Mas a cidade vai muito além dos seus cartões-postais mais conhecidos, como El Caminito, Puerto Madero, Casa Rosada ou a famosa La Bombonera, estádio do Boca Juniors.

É claro que eles merecem uma visita, mas que tal se permitir e conhecer uma outra Buenos Aires, aquela que só quem mora ou que tem espírito aventureiro conhece.

A capital argentina ganhou recentemente novas atrações que ficam fora do circuito turístico tradicional. São novos bares, galerias de arte, ateliers de artistas emergentes, restaurantes comandados por novos chefs e passeios de bike.

Confira abaixo alguns passeios para fazer em Buenos Aires fora do circuito tradicional:

Mercado de Pulgas

Se você gosta de antiguidades, quinquilharias ou simplesmente bater pernas, o Mercado de Pulgas, no bairro Colegiales, é o destino certo.

Crédito: Ente de Turismo del Gobierno de la CiudadInterior do Mercado de Pulgas, um dos passeios imperdíveis para fazer em Buenos Aires

Nos cerca de 150 quiosques é possível encontrar todos os tipos de objetos -móveis, quadros, esculturas de mármores, bronzes, cristais, pedras, joias, porcelana, entre outros.

O espaço é uma verdadeira máquina do tempo na memória das famílias porteñas.

O Mercado de Pulgas tem 150 quiosques onde é possível encontrar todos os tipos de objetos
O Mercado de Pulgas tem 150 quiosques onde é possível encontrar todos os tipos de objetosMárcio Diniz | Catraca Livre
O Mercado de Pulgas tem 150 quiosques onde é possível encontrar todos os tipos de objetosMárcio Diniz | Catraca Livre
O Mercado de Pulgas tem 150 quiosques onde é possível encontrar todos os tipos de objetosEnte de Turismo del Gobierno de la Ciudad
O Mercado de Pulgas tem 150 quiosques onde é possível encontrar todos os tipos de objetosEnte de Turismo del Gobierno de la Ciudad
O Mercado de Pulgas tem 150 quiosques onde é possível encontrar todos os tipos de objetosMárcio Diniz | Catraca Livre

O Mercado de Pulgas abriu as portas em 1988, mudou para novo endereço em 2005 e voltou ao mesmo local depois de uma grande renovação. É dividido em cinco setores com diferentes cores. Além da venda de produtos, o espaço também oferece serviços de restauração. É recomendável ir com tempo para aproveitá-lo o máximo.

Mercado de las Pulgas
Onde: Av. Dorrego 1.650. Colegiales
Horário: terça a domingo, das 10h às 19h.

Livrarias

Uma viagem a Buenos Aires não é completa sem visitar uma livraria. Isto porque a capital argentina é a cidade com maior número de livrarias por habitantes do mundo –são 380. Opções é o que não faltam, das pequenas onde o tempo parecer parar a uma que ocupa um antigo teatro, El Ateneo, considerada uma das mais bonita do mundo pelo jornal britânico The Guardian.

Crédito: Ente de Turismo del Gobierno de la CiudadInterior da livraria El Ateneo Grand Splendid, que fica no histórico teatro Grand Splendid, no bairro da Recoleta

Localizada no bairro de Recoleta, a livraria oferece um leque de opções de títulos, discos e CDs, além de um café. Todo o espaço do antigo Teatro Grand Splendid, que já serviu de palco para apresentações de Carlos Gardel, é ocupado por estantes.

Considere incluir ainda no roteiro literário as livrarias Eterna Cadencia, Libros del Pasaje e Falena.

A primeira, que também é uma das mais importantes editoras argentina, fica uma casa no bairro de Palermo Hollywood e oferece uma variedade de obras de literatura universal, história, ciências sociais, arte, cinema e teatro. O espaço aconchegante ainda conta com um café.

Crédito: Márcio Diniz | Catraca LivreInterior da livraria Libros del Pasaje, no Palermo Soho

Localizada no badalado Palermo Soho, a Libros del Pasaje funciona em uma charmosa casa antiga. As prateleiras, a perder de vista, acompanham o teto de dois metros e meio de altura. Mas não se preocupe! Há várias escadas de madeira que permitem alcançar os volumes mais altos. No pátio da casa, fica um café que serve lanches doces e salgados, além de refeições rápidas.

Crédito: DivulgaçãoInterior da aconchegante livraria Falena fica “escondida” numa pacata rua do bairro Chacarita

Já a livraria Falena fica “escondida” numa pacata rua do bairro Chacarita. O interior da casa com paredes de tijolos à vista é um convite para esquecer o tempo. O local conta com sofás, jardim e um balcão ideal para saborear um café, chá ou uma taça de vinho.

El Ateneo
Onde: Avenida Santa Fe, 1.860. Recoleta. Tel: +54 (11) 4813-6052
Horário: segunda a quinta, das  9h às 22h; sexta e sábado, das 9h as 0h; domingo, das 12h às 22h.

Eterna Cadencia
Onde
: Honduras, 5.574, Palermo Hollywood. Tel. +54 (11) 4774-4100
Horário: segunda a sexta-feira, das 9h30 às 21h; sábados, das 11h30 às 20h

Falena
Onde: Charlone, 201, Chacarita. Tel.: +54 (+54 11) 4556-1640
Horário: de terça a sábado, das 13h às 21.

Libros del Pasaje
Onde: Thames, 1.762, Palermo Soho. Tel.: +54 (11) 4833-6637

***

BiciTour

Uma das formas de conhecer Buenos Aires é de bike. Por ser plana, é possível pedalar com tranquilidade pela capital argentina. A cidade conta com um serviço totalmente gratuito com mais de 3.000 bikes e 200 km de ciclovias distribuídos por 30 bairros.

Ente de Turismo del Gobierno de la Ciudad
Ente de Turismo del Gobierno de la Ciudad

Para uma experiência mais imersiva, a dica é fazer um passeio guiado. O Ente de Turismo del Gobierno de la Ciudad (Entidade de Turismo de Buenos Aires) oferece duas opções a preços super acessíveis. Um dos roteiros explora o bairro de La Boca e outro começa em Palermo, o maior bairro da cidade, e termina na  Recoleta.

Crédito: Márcio Diniz | Catraca LivrePor ser plana, Buenos Aires é um convite para explorar a pé ou de bike

O tour passa pelo jardim Japonês, pelas praça Alemanha e Uruguai, Museu de Arte Decorativa Francês, entre outros pontos.

Gastronomia

A capital argentina vive um boom de novos bares e restaurantes que mesclam a tradicional cozinha portenha a iguarias asiáticas ou com releituras de pratos locais.

Essa cena gastronômica rendeu a Buenos Aires a inclusão dez restaurantes na lista dos 50 melhores da América Latina, da prestigiada revista britânica “Restaurant”.

Crédito: Ente de Turismo del Gobierno de la CiudadO tataki de chorizo, um dos pratos do Niño Gordo, restaurante sensação de Buenos Aires

Apesar da Parrillada –-prato com diversos tipos de carne– ainda ser o preferido dos turistas, em especial os brasileiros, há ótimas opções para todos os tipos de gostos e bolos, principalmente.

Confira aqui alguns restaurantes e bares para incluir no seu roteiro gastronômico por Buenos Aires.

Grafites

Nos últimos anos Buenos Aires também vem ganhando destaque na arte urbana e atraindo turistas, assim como São Paulo e Nova York.

Arte de rua no bairro de Palermo –a Vila Madalena argentina
Arte de rua no bairro de Palermo –a Vila Madalena argentinaMárcio Diniz | Catraca Livre
Arte de rua no bairro de Palermo –a Vila Madalena argentinaMárcio Diniz | Catraca Livre
Arte de rua no bairro de Palermo –a Vila Madalena argentinaMárcio Diniz | Catraca Livre
Arte de rua no bairro de Palermo –a Vila Madalena argentinaMárcio Diniz | Catraca Livre
Arte de rua no bairro de Palermo –a Vila Madalena argentinaMárcio Diniz | Catraca Livre
Arte de rua no bairro de Palermo –a Vila Madalena argentinaMárcio Diniz | Catraca Livre
Arte de rua no bairro de Palermo –a Vila Madalena argentinaMárcio Diniz | Catraca Livre
Arte de rua no bairro de Palermo –a Vila Madalena argentinaMárcio Diniz | Catraca Livre
Arte de rua no bairro de Palermo –a Vila Madalena argentinaMárcio Diniz | Catraca Livre

Ao caminhar por alguns bairros como Palermo –a Vila Madalena argentina–, por exemplo, é possível contemplar uma infinita variedade de grafites de artistas locais e estrangeiros.

Também é possível contemplar grafites nos bairros Colegiales, Villa Crespo, Congreso, Barracas, Monserrat e La Boca.

*O jornalista viajou à convite do Ente de Turismo de la Ciudad de Buenos Aires

Por: Márcio Diniz

1
03:32
Viva Chile: um passeio pela beleza da Cordilheira dos Andes
Está com viagem marcada para Santiago e ainda não faz ideia do que fazer na capital chilena? Então, antes de …
2
05:22
Conheça os brinquedos mais radicais dos parques de Orlando
A Catraca Livre foi para a Flórida, nos Estados Unidos, conhecer os parques mais divertidos da região a convite do …
3
03:24
Vovó deixa presídio e ensina como viajar pelo mundo
"As Melhores Surpresas do Mundo" é  o programa que discute as coisas mais inovadoras e surpreendentes que o mundo oferece.--------------------------------------------------------DIREÇÃO: …
4
02:25
9 lugares incríveis para visitar de graça em Belo Horizonte
O Circuito Liberdade é um grande complexo cultural localizado em Belo Horizonte. Prédios públicos ganharam novos usos para hospedar arte …
5
01:49
9 lugares com uma vista incrível no Rio de Janeiro para você fotografar
Conheça 9 lugares incríveis e de graça para você curtir as paisagens do Rio de Janeiro e ainda tirar fotos …
6
01:31
O que fazer em caso de bagagem extraviada pela companhia aérea?
Um dos maiores medos de que vai pegar o avião é perder a bagagem. Saiba como proceder em uma situação …
7
01:17
Sky Costanera, o maior observatório da América Latina
O Sky Costanera é considerado o maior observatório da América Latina e fica em Santiago, no Chile. Nele é possível …
8
01:01
Zipflyer: a tirolesa só para quem tem MUITA coragem
A Zipflyer, é considerada a maior tirolesa do mundo e fica localizada em Pokhara, no Nepal. Ela conta com 1850 …