Coronavírus: Azul suspende vários voos internacionais

Serão mantidos somente os que saem de Campinas, em São Paulo

Por: Redação

A companhia aérea Azul anunciou nesta segunda-feira, 16, que vai suspender todos os voos internacionais, exceto os que partem do aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP).

A decisão faz parte de um pacote de medidas para tentar conter os prejuízos financeiros causados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19) que atingiu em cheio o setor aéreo.

Crédito: Valter Campanato/Agência BrasilA Azul vai manter apenas os voos que saem de Campinas, em São Paulo

Clientes com viagens marcadas com destino de/para Lisboa ou Porto, Estados Unidos e América do Sul poderão alterar ou cancelar seus voos.

Confira as regras, abaixo:

Alterações: passageiro poderá alterar a data do seu voo sem incidência de taxas de alteração desde que o novo voo seja realizado até 30 de junho de 2020. Para tanto, havendo diferença tarifária, esta será cobrada.

Pedido de cancelamento: passageiro poderá cancelar sua reserva sem custo de taxas de cancelamento, deixando o valor como crédito na Azul para compras futuras (validade do crédito: 1 ano a contar da data da emissão do bilhete cancelado, sendo o valor pessoal e intransferível.)

Reservas realizadas em agências de viagens: a empresa recomenda que o passageiro entre em contato com as mesmas para realizar os procedimentos de alteração.

Para mais informações: (11) 4003-1118.



Voos nacionais

Quem tem voo doméstico operado pela empresa e previsto até 31 de maio pode cancelar a reserva sem custo, deixando o valor como crédito para compras futuras (com validade de um ano a contar da data da emissão do bilhete cancelado).

Os clientes com voo doméstico também podem alterar a viagem sem incidência de taxas –desde que o novo voo seja realizado até 31 de maio.

As mudanças podem ser conferidas no site da companhia aérea, que também tem informado sobre alterações por e-mail e SMS.

A Azul também anunciou um programa de licença não remunerada. Já foram aprovados cerca de 600 pedidos, além de redução de salário de 25% do comitê executivo.

American Airlines

Ontem, a companhia American Airlines suspendeu as operações no Brasil. Todos os voos da suspensão de todos entre Estados Unidos e Brasil foram cancelados até o dia 6 de maio.

A medida é uma “resposta à redução da demanda e mudanças nas restrições de viagem imposta pelo governo Donald Trump devido à pandemia de coronavírus.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.