CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Bar é flagrado funcionando ilegalmente nos fundos de petshop no Rio

Boteco localizado em Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, foi filmado por agentes da prefeitura com dezesseis pessoas aglomeradas no ambiente

Por: Redação

Não está fácil fazer a quarentena. Mas desobedecê-la só deixará o Brasil no posto de epicentro da pandemia do novo coronavírus por mais tempo. Como é o caso de um bar, localizado em Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, que foi flagrado funcionando ilegalmente nos fundos de um petshop. A grande questão é que, no momento, os pet shops podem funcionar, mas os bares ainda não estão autorizados a reabrirem na cidade.

Segundo informações da prefeitura do Rio, o bar e o pet shop pertencem ao mesmo dono e o pet shop não possui alvará de funcionamento. Ao todo, 16 pessoas estavam aglomeradas dentro do bar e foram orientadas a colocar máscaras ao deixarem o estabelecimento. Nenhuma delas apresentou resistência aos agentes da Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública.

bar petshop
Crédito: Reprodução/TwitterBar funcionava ilegalmente aos fundos de um petshop no Rio

O flagrante aconteceu durante Operação Faça Sua Parte com foco no funcionamento irregular dos bares, após inúmeras denúncias realizadas em relação ao bar que funcionava dentro do petshop. O proprietário foi autuado e multado no valor de R$ 800, como previsto no Código de Posturas do Município. Ele também foi intimado a apresentar o alvará do pet shop, para regularizar a atividade.


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


A equipe de fiscalização de posturas interditou o petshop e o bar foi autuado pelo Procon municipal por expor os 16 consumidores que estavam no local ao risco de contágio do novo coronavírus.

Confira o momento do flagra:

 

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.