CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Como separar o lixo com segurança em tempos de coronavírus

O movimento Recicla Sampa separou algumas dicas sobre como descartar resíduos e manter a proteção dos profissionais que coletam lixo em SP

Por: Redação
Coletores de lixo recebem mensagens de carinho da população em meio ao coronavírus
Crédito: AmlurbColetores de lixo recebem mensagens de carinho da população em meio ao coronavírus

Durante o período de quarentena para combater o novo coronavírus, alguns cuidados simples da população para separar o lixo de suas casas podem garantir a saúde e proteção dos profissionais que zelam pela cidade e que não podem parar ou fazer home office. Em São Paulo, por exemplo, os coletores de resíduos continuam trabalhando pelas ruas recolhendo o que foi gerado pelos moradores.

Segundo o movimento Recicla Sampa, é importante que, nesta época de isolamento, as pessoas ensaquem duas vezes os materiais descartados e façam um nó bem forte. Os sacos devem ser resistentes, descartáveis e preenchidos com até dois terços da capacidade.

A medida citada acima visa evitar o contato dos trabalhadores com possíveis resíduos contaminados. Apesar de usarem luvas e outros equipamentos de proteção, os profissionais podem ficar expostos ao vírus e outras bactérias, caso uma sacola esteja mal fechada ou contenha rasgos.

Outra preocupação é o descarte de luvas e máscaras de proteção que estão sendo usadas pela população nessa época. Esses materiais não devem ser jogados no lixo reciclável, pois correm o risco de estarem contaminados. “É essencial estar atento a isso para preservar a saúde daqueles que estão cuidando da cidade”, ressalta o movimento.

Lembrando que as Centrais Mecanizadas de Triagem, que separam os resíduos automaticamente por tipo e cor (saiba mais aqui), continuarão operando e a venda desses materiais seguirá beneficiando as cooperativas habilitadas pela Prefeitura de São Paulo.

Os moradores da capital paulista podem ter acesso ao dia e horário que o caminhão da coleta seletiva passa em sua rua por meio deste link.


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


Coleta seletiva em SP

De acordo com a gestão Bruno Covas, a coletiva seletiva domiciliar aumentou 14% em março na cidade de São Paulo, em relação ao mesmo período do ano passado. A prefeitura ressalta que os coletores de lixo estão recebendo equipamentos de segurança neste período de pandemia do novo coronavírus.

Se você quiser aproveitar o isolamento social para começar a fazer a coleta seletiva em casa, o Recicla Sampa separou algumas dicas simples.

Confira abaixo:

  • Tenha duas lixeiras em casa: uma para lixo orgânico e outra para lixo reciclável. Se possível, coloque etiquetas indicando cada uma delas;
  • Não molhe o material reciclável, pois isso inviabiliza seu reaproveitamento; retire os resíduos de embalagens de vidro, plástico, longa vida, garrafas pet e latas antes de reciclá-las;
  • Na hora de descartar materiais cortantes — vidro, por exemplo — não esqueça de embrulhar em jornais ou papeis de espessura grossa e etiquetar. Isso evita que o coletor se machuque;
  • Restos de alimento e cascas de frutas são lixo orgânico. Por isso, não misture com o lixo reciclável;
  • Nesses tempos de isolamento social decorrente do coronavírus, não jogue luvas e máscaras de proteção no lixo reciclável.

O movimento Recicla Sampa tem como objetivo ampliar a coleta seletiva na capital e conta com uma plataforma online de amplo conteúdo, onde há muitos materiais que podem ajudar o morador a começar a coleta seletiva. Abaixo, confira alguns deles:

Recicláveis x Lixo Comum
Descarte correto
Dois hábitos, uma cidade
Recicle corretamente: esvazie as embalagens!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.