Em 1º evento público após covid, Bolsonaro tira máscara em aglomeração

Presidente montou em um cavalo, tirou a máscara e tocou nas mãos de pessoas que o aguardavam no aeroporto de São Raimundo Nonato (PI)

Por: Redação

Em sua primeira viagem após se recuperar da covid-19, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tirou a máscara de proteção e se juntou a uma aglomeração de apoiadores que o aguardava no aeroporto de São Raimundo Nonato, no Piauí.

Após descer do avião presidencial, ainda na área externa do terminal, Bolsonaro montou em um cavalo em meio a apoiadores e tirou a máscara que usava no rosto.

Bolsonaro
Crédito: Alan Santos/PRPresidente Jair Bolsonaro provocou aglomeração e tirou a máscara ao ser recebido no Piauí

Bolsonaro viajou para o Nordeste para participar de cerimônia de inauguração de um sistema de abastecimento de água em Campo Alegre de Lourdes (BA).

Um decreto do governo do Piauí estabelece o uso obrigatório de máscaras em todo o estado. A multa para quem descumprir a medida varia de R$ 500 a R$ 1 mil – em caso de reincidência.


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


Primeira-dama com covid-19

Mais cedo, o Palácio do Planalto informou que primeira-dama Michelle Bolsonaro testou positivo para covid-19.

O resultado do exame da primeira-dama saiu dias depois do presidente Jair Bolsonaro ter anunciado que se curou do novo coronavírus.

Michelle Bolsonaro participou ontem de uma cerimônia no Palácio do Planalto, na qual discursou no lançamento da Campanha Mulheres Rurais, Mulheres com Direitos. Ela estava ao lado do presidente e utilizou máscara.

Discursaram no mesmo evento as ministras Tereza Cristina (Agricultura) e Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos).

O líder do governo na Câmara, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), também compareceu e ficou próximo da primeira-dama.

Também nesta quinta-feira, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, informou hoje que testou positivo para covid-19.

Compartilhe: