Milhares assinam petição pela criminalização da homofobia

A votação das ações foi adiada para esta quarta-feira, dia 20

Por: Change.org (Oficial) | Comunicar erro

Na última semana, o Supremo Tribunal Federal começou a julgar duas ações que pedem a criminalização da homofobia. Nas ações, o PPS e a Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Transgêneros (ABGLT) solicitam que o STF declare omissão do Congresso sobre o tema e enquadre as discriminações por orientação sexual como crime de racismo até que o Legislativo se pronuncie.

Pensando em pressionar a Corte a votar a favor da criminalização foi que o arquiteto Rogerio Quadrado decidiu fazer um abaixo-assinado na Change.org. “Acho importantíssimo que a criminalização aconteça pois vários amigos já sofreram agressão física por serem gays, a maioria das vezes apenas por estarem com uma roupa diferente ou de mãos dadas, e muitos desses casos são esquecidos”, disse ele em entrevista à equipe da Change.org.

Leia mais em: www.change.org/CriminalizaSTF

Crédito: Paulo Pinto/Fotos PúblicasPetição por criminalização da homofobia já alcançou quase 18 mil assinaturas

Em menos de uma semana, o abaixo-assinado já alcançou quase 18 mil assinaturas e continua crescendo, o que, segundo Rogerio, é essencial para tentar chamar a atenção do Supremo antes da votação, que foi adiada para esta quarta-feira, dia 20. “Se conseguirmos um número expressivo, podemos influenciar a decisão”, opina o arquiteto.

Durante o início do julgamento na semana passada, algumas entidades religiosas foram ouvidas pelos ministros do Supremo em relação à criminalização da homofobia. O advogado da Associação Nacional de Juristas Evangélicos (Anajure) declarou, por exemplo, que “a liberdade religiosa é uma conquista que se perde com muita facilidade, e os religiosos estão correndo risco no caso em exame”. Para Rogerio, no entanto, o respeito ao próximo precisa estar acima de qualquer questão. “Independente de religião, temos que proteger as pessoas de agressões gratuitas só por existirem. Se a religião não aceita, pelo menos que respeitem a existência”, diz.

Autor: Change.org (Oficial)

O maior portal de petições online do Brasil. São 280 milhões de pessoas fazendo a diferença em 196 países e 19 milhões só no Brasil. Instagram: https://www.instagram.com/changeorg_br/

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário Change.org Brasil da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

1 / 8
1
03:46
‘Pretendo beneficiar um filho meu, sim’ diz Bolsonaro sobre embaixada
Em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a nomeação de seu filho, …
2
03:15
Num ato de coragem, MBL pede desculpas publicamente
O jornalista Gilberto Dimenstein e a Catraca Livre já foram diversas vezes vítimas das milícias digitais do MBL com as …
3
03:04
O real motivo do ataque de Bolsonaro ao filme de Bruna Surfistinha
Jair Bolsonaro decidiu atacar o filme realizado por Deborah Secco sobre a ex-prostituta Bruna Surfistinha. Motivo oficial: o filme, usando …
4
02:13
Entenda os desdobramentos do caso Tabata Amaral no PDT
O PDT suspendeu a deputada federal Tabata Amaral e outros sete parlamentares que votaram a favor da reforma da Previdência, …
5
02:03
Incêndio em estúdio de animação em Japão deixa dezenas de mortos
Dezenas de pessoas morreram durante um incêndio criminoso que tomou conta do estúdio de animação da Kyoto Animation, na cidade …
6
02:19
Barragem abandonada corre risco de rompimento no interior de SP
Uma matéria publicada pelo G1 alerta para o risco de rompimento da barragem de água em Iaras, no interior de …
7
02:30
O que significa a gargalhada de Caetano Veloso?
Um vídeo do cantor Caetano Veloso gargalhando está viralizando nas redes sociais. O motivo da piada é a entrevista que …
8
01:51
Site ‘Não me Perturbe’ permite bloquear ligações de telemarketing
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) lançou o Não me Perturbe, site que permite bloquear ligações de telemarketing. O sistema …