ONG conecta pacientes internados com covid-19 a familiares

ONG ImageMagica fornece aparelhos para pacientes internados e agenda as ligações

Por: Redação

Além dos efeitos da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, pacientes em tratamento enfrentam mais um problema: o distanciamento de familiares e amigos em um momento tão difícil. Isso porque as visitas foram suspensas, como forma de prevenir o contágio da doença.

Mas, para amenizar a solidão de quem está hospitalizado e trazer acalento tanto para pacientes quanto familiares, a ONG ImageMagica, instituição que realiza projetos de educação, saúde e cultura há mais de 15 anos, teve a iniciativa de aproximar essas pessoas por meio de conexões virtuais.

Crédito: André Françóis/DivulgaçãoIniciativa da ImageMagica monta rede com profissionais de saúde, fornece aparelhos para pacientes com covid-19 e agenda as chamadas com familiares

O projeto Conexões do Cuidar, idealizado pelo fotógrafo André François, tem o objetivo de conectar pacientes de suas famílias, mesmo que virtualmente. Até o momento, André e sua equipe atuam juntamente aos profissionais de saúde em hospitais do estado de São Paulo, como o Hospital das Clínicas da capital e de Ribeirão Preto, Hospital Santa Marcelina (Itaquaquecetuba e Itaquera), Hospital Nossa Senhora e a Santa Casa de Misericórdia, ambos em Barretos.

A equipe do projeto disponibiliza celulares esterilizados e utilizados exclusivamente para esse fim, agenda os horários e faz as ligações entre pacientes e familiares via chamadas de voz e vídeo.


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


Considerando que pacientes internados nas UTI’s têm seus celulares confiscados e também há muitos idosos que não sabem usar a tecnologia, a única maneira de manter contato com a família é por meio do projeto.

As emocionantes chamadas são acompanhadas pela equipe de psicologia do hospital, que reforça a importância das conversas virtuais para a recuperação dos pacientes.

Crachás personalizados

Além disso, no pouco contato entre pacientes e equipe médica, nem sempre é possível reconhecer os profissionais, visto que estão altamente paramentados, da cabeça aos pés, para evitar o contágio.

covid-19
Crédito: André Françóis/Divulgação Iniciativa é d ONG ImageMagica, instituição que realiza projetos de educação, saúde e cultura há mais de 15 anos

“Após visitarmos alguns hospitais, vimos de perto o quão desolador é o isolamento dos pacientes, ao mesmo tempo em que é angustiante para as famílias que aguardam o boletim médico”, explica André.

Outra iniciativa do projeto é produzir e doar, para a médicos e enfermeiros, crachás personalizados com foto do profissional e uma mensagem motivacional para os pacientes, a fim de proporcionar uma conexão também entre pacientes e equipe médica, além de facilitar a identificação entre os próprios profissionais paramentados com EPI’s.

O projeto, no entanto, depende de doações que ajudem a manter a equipe e realizar a compra de equipamentos de segurança, celulares e a produção dos crachás humanizados.

As doações podem ser feitas diretamente pelo site da ImageMagica (www.imm.ong).

Compartilhe: