Brasil ultrapassa a marca de mil mortes diárias pelo coronavírus neste 19 de maio

De ontem para hoje foram computados 1.179 óbitos e 17.408 casos de covid-19

O Brasil registrou nesta terça-feira, 19, o número recorde de mortes e casos do a novo coronavírus em 24h. De acordo com o Ministério da Saúde, de ontem para hoje foram computados 1.179 óbitos e 17.408 casos de covid-19.

Com os novos casos computados hoje, o país soma 17.971 mortes e 271.628 casos do novo coronavírus – ontem eram 16.792 e 254.220, respectivamente.

Em 24 horas foram registrados 1.179 óbitos e 17.408 novos casos de covid-19
Créditos: Paulo Desana/Dabakuri/Amazônia Real/Fotos Públicas
Em 24 horas foram registrados 1.179 óbitos e 17.408 novos casos de covid-19

O ministério divulgou ainda que, ao todo, 106.794 pacientes se recuperaram da covid-19, enquanto 146.863 estão em acompanhamento e 3.319 óbitos estão em investigação. A taxa de letalidade da doença no país é de 8,6%.

Inserir no meio do texto da matéria os itens abaixo separados do restante da matéria por linhas:


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


A maior parte das mortes divulgadas hoje refere-se a outros períodos, mas foram computadas de ontem para hoje após investigação concluída ou em andamento. Nos últimos três dias, segundo a pasta, ocorreram 188 óbitos.

Mortes por estado

São Paulo se mantém como epicentro da pandemia no país, concentrando o maior número de mortes (5.147). O estado é seguido pelo Rio de Janeiro (3.079), Ceará (1.856), Pernambuco (1.741) e Amazonas (1.491).

Além disso, foram registradas mortes no Pará (1.519), Maranhão (604), Bahia (326), Espírito Santo (325), Alagoas (231), Paraíba (219), Minas Gerais (167), Rio Grande do Norte (160), Rio Grande do Sul (151), Amapá (136), Paraná (129), Santa Catarina (91), Piauí (85), Rondônia (87), Goiás (73), Acre (72), Distrito Federal (72), Sergipe (63), Roraima (61), Tocantins (38), Mato Grosso (32) e Mato Grosso do Sul (16).

Já em número de casos confirmados, o ranking tem São Paulo (65.995), Ceará (28.112), Rio de Janeiro (27.805), Amazonas (22.132) e Pernambuco (21.242). Entre as unidades da federação com mais pessoas infectadas estão ainda Pará (16.295), Maranhão (14.198), Bahia (11.013), Espírito Santo (7693) e Santa Catarina (5.413).

Créditos: Paulo Desana/Dabakuri/Amazônia Real/Fotos Públicas