CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Nordeste é destino preferido dos brasileiros no pós-pandemia

Confira destinos diferentes no Nordeste brasileiro quando for possível viajar novamente

Por: Viagem em Pauta

Ainda não é hora de fazer as malas, muito menos de cair na estrada para viajar.

Com 1,3 milhão casos confirmados e mais de 57 mil mortes causadas pela covid-19, só no Brasil, a expectativa no início da pandemia, que já não era nada otimista, está ainda pior.

Nordeste
Crédito: Eduardo Vessoni)Final de tarde na Praia do Farol, em Galinhos, no Rio Grande do Norte; um dos destinos diferentões do Nordeste

De acordo com pesquisa do TRVL LAB (Laboratório de Inteligência de Mercado em Viagens), 54,4% dos brasileiros não têm intenção de fazer viagens nacionais “até ter confiança que a pandemia está controlada” e 68,24% não se sentem seguros para sair do país. (Confira pesquisa completa).

Mas adivinha para onde o brasileiro quer viajar na retomada?

Em parceria entre a consultoria MAPIE e a editora Panrotas, a pesquisa aponta que 31,85% pretendem visitar o Nordeste brasileiro, seguido de praias regionais (14,01%), Serra Gaúcha (7,64%) e Rio de Janeiro (6,69%).

Ainda assim, vai demorar para o brasileiro voltar a encarar as aglomerações em certos endereços nordestinos. Pelo menos no início, o viajante nacional deve priorizar viagens em pequenos grupos, experiências personalizadas e procura por destinos mais isolados, em contato com a natureza.

Crédito: Eduardo Vessoni)Barra do Cunhaú, a 80 km de Natal, no Rio Grande do Norte

“Depois desta crise, as pessoas valorizarão mais as relações humanas. Vão querer passar momentos juntos de seus familiares e buscar saúde e bem-estar em ambientes naturais”, avalia Emerson Antonio de Oliveira, coordenador de Projetos Ambientais da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza.

Embora seja um dos destinos mais procurados do país, o Nordeste brasileiro ainda esconde endereços onde a gente tem a sensação de ser o primeiro a chegar, seja a pé, de bicicleta ou de barco.

Confira destinos diferentões para conhecer no Nordeste:

Turismo no ritmo do vento (Rio Grande do Norte)

A 170 quilômetros de Natal, Galinhos segue fazendo turismo no ritmo do vento, em dunas de areia, canais de manguezais e em praias de águas doces. VEJA VÍDEO

Nordeste
Crédito: Pousada Peixe Galo/DivulgaçãoGalinhos, península a 170 quilômetros ao norte de Natal, no Rio Grande do Norte

Paraíba selvagem (Barra do Camaratuba)

Nordeste
Crédito: Eduardo VessoniEncontro do rio com o mar, em Barra do Camaratuba, na Paraíba

Na divisa com o Rio Grande do Norte, uma das experiências mais marcantes da Paraíba são os 13 km de praias selvagens, onde o turismo começa no mangue, segue em águas calmas de rio e termina em faixas de areia recortadas por piscinas naturais. LEIA MAIS


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


Chapada das Mesas (Maranhão)

Na região sul do estado, a região é daqueles lugares onde cachoeiras lapidam pedras escuras no corredor estreito de um cânion, finais de tarde pintam pedra encantada fincada no meio do rio e o turista tem a sensação de ser o primeiro a chegar por ali.

Um dos últimos litorais intactos (Bahia)

A 210 km de Porto Seguro, no extremo sul do estado, Cumuruxatiba é a Bahia que parece que ainda não foi descoberta no Nordeste.

Nordeste
Crédito: Eduardo Vessoni)Final de tarde em Cumuruxatiba, no extremo sul da Bahia

Ideal para famílias e considerado um dos últimos litorais intactos do estado, esse distrito de Prado tem águas mansas e piscinas naturais bem perto da praia. VEJA VÍDEO

Praias isoladas de Prado (Bahia)

Entre Prado e a vila de Cumuruxatiba, uma estrada simples à beira mar leva visitantes a uma sequência de nove praias isoladas do extremo sul do estado, onde é possível chegar de carro, a pé ou de bicicleta.

Nordeste
Crédito: Eduardo VessoniPraia do Moreira, no distrito de Cumuruxatiba, em Prado, no extremo sul da Bahia

O roteiro de 32 km segue aos pés de falésias coloridas com até 40 metros de altura. SAIBA MAIS

De bugue entre Sergipe e Bahia

No litoral sul de Sergipe, no limite com o extremo norte da Bahia, o estado tem uma de suas faixas de areia mais belas: a Praia do Saco.

viajar
Crédito: Turismo Sergipe/DivulgaçãoVista do itoral sul de Sergipe, no Nordeste brasileiro

O destino é conhecido pelos passeios de bugue, entre praias e dunas; e pela cenográfica Ilha da Sogra, um banco de areia temporário com um quilômetro de extensão, entre o rio e o mar. VEJA VÍDEO

De Porto Seguro a Caraíva (Bahia)

Piscinas naturais que emergem bem na beira da praia, falésias que se erguem sobre faixas de areia e uma sequência de outros cenários que só podem ser vistos por quem chega a pé ou de bicicleta.

viajar
Crédito: Eduardo VessoniJacumã, praia que fica no roteiro que vai de Trancoso à Praia do Espelho, no litoral sul da Bahia

É nas praias do litoral sul da Bahia, onde carros não entram e banhistas só chegam com certo esforço, que acontecem a travessia de quase 50 km que pode ser feita a pé ou de bicicleta.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Por: Viagem em Pauta

O Viagem em Pauta é o projeto pessoal do jornalista Eduardo Vessoni, profissional que atua com turismo desde 2008 e já colocou os pés em todos os continentes.

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário viagemempauta da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.