Últimas notícias:

Loading...

Em Paraisópolis, mulheres levam marmitas a famílias vulneráveis

A ação da Associação de Mulheres de Paraisópolis é feita em parceria com o coletivo Bistrô de Mãos de Maria

Por: Redação
Crédito: Reprodução / Associação de Mulheres de ParaisópolisO objetivo da ação é ajudar as famílias e ainda oferecer renda a mulheres da região

O novo coronavírus impactou a vida de todos, mas, nas favelas, o cenário se tornou ainda mais complicado. Pensando nisso, a Associação de Mulheres de Paraisópolis, comunidade na zona sul de São Paulo, lançou uma campanha para arrecadar doações e produzir marmitas, que serão distribuídas para as famílias mais vulneráveis da região durante a quarentena.

Na descrição da vaquinha virtual, o grupo ressalta que a ação será realizada em parceria com mulheres empreendedoras do coletivo Bistrô de Mãos de Maria. “Sua contribuição também garantirá a segurança financeira de nossas mulheres – muitas delas já sem emprego, outras com seus negócios fechados”, ressalta o texto, citando o fato de muitas pessoas terem ficado sem renda neste período.



A associação pontua a importância do trabalho feito pelos empreendimentos sociais que atuam na periferia. “Oferecemos acesso ao emprego, trabalhando a diversidade e a inclusão dentro das empresas. Oferecemos capacitação profissional, pois sabemos do seu, do nosso potencial, e queremos fortalecer e apoiar nossas mulheres”, ressalta.

Segundo a rede, os negócios locais foram diretamente afetados pela crise gerada pela covid-19 e as mulheres são as que mais sofrem, pois muitas são chefes de família. “Tivemos que suspender nossos serviços, as capacitações e o atendimento para emprego, pois o momento pede todo cuidado possível.”

Para contribuir com a campanha de financiamento coletivo, clique neste link. Até a publicação desta matéria, já haviam sido arrecadados R$ 91 mil, de uma meta de R$ 200 mil.

Compartilhe a iniciativa também em suas redes sociais. Edu Guedes, parceiro da campanha, divulgou um vídeo no Instagram de apoio ao movimento. Assista abaixo:

View this post on Instagram

As mulheres de Paraisópolis pedem a sua ajuda! Neste momento delicado, a Associação de Mulheres de Paraisópolis pede a sua contribuição: precisamos captar recursos para a produção de marmitas, que serão distribuídas para as famílias mais vulneráveis da nossa comunidade durante a quarentena. As mulheres empreendedoras do coletivo Bistrô de Mãos de Maria doarão seu tempo e trabalho para essa ação fundamental. Sua contribuição também garantirá a segurança financeira de nossas mulheres – muitas delas já sem emprego, outras com seus negócios fechados. Precisamos garantir dignidade a essas mulheres nesse momento. São moradoras que trabalham e são atendidas pelos empreendimentos sociais Bistrô Mãos de Maria, Emprega Comunidades e Costurando Sonhos. Segue o link da nossa campanha: http://vaka.me/947960

A post shared by Edu Guedes (@eduguedesoficial) on