Lista reúne nomes de quem esteve com Bolsonaro antes de covid-19

Se seu nome está aqui, você deve se preocupar

Por: Redação

Jair Bolsonaro (sem partido) testou positivo para a covid-19 na última segunda-feira, 6, e teve a confirmação nesta terça-feira, 7. Porém, para que o presidente da república tenha recebido o diagnóstico, foi preciso que ele tivesse contato com o coronavírus até 7 dias atrás – que é o tempo que o vírus tem para se manifestar no organismo.

bolsonaro covid-19
Crédito: Reprodução/InstagramBolsonaro testa positivo para covid-19

Neste período, Bolsonaro se encontrou com uma lista extensa apoiadores, pelo menos 35 nomes, e estas pessoas devem se preocupar com o resultado do exame do presidente, já que ele pode ter passado o vírus, principalmente pelo fato de não usar máscaras de proteção com frequência.

De acordo com o Uol, entre as pessoas que constam na agenda de Bolsonaro nos últimos dias estão o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, o chefe da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ministros, deputados e outras autoridades.


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


Como os sintomas do coronavírus podem aparecer de cinco a sete dias após a contaminação e Bolsonaro foi ao hospital no início desta semana, a relação de agendas verificadas vai de 29 de junho a 6 de julho.

Além dos nomes citados abaixo, inclui no mapeamento também familiares, funcionários do Planalto e apoiadores.

Confira quem este com o presidente desde 29 de junho:

  • Wagner Rosário (Ministro da Controladoria-Geral da União)
  • Augusto Heleno (Ministro do Gabinete de Segurança Institucional)
  • José Levi Mello do Amaral (Advogado-geral da União)
  • Walter de Souza Braga Netto (Ministro da Casa Civil)
  • Paulo Guedes (Ministro da Economia)
  • Marcos Pontes (Ministro da Ciência e Tecnologia)
  • Floriano Peixoto (Presidente dos Correios)
  • Ernesto Araújo (Ministro das Relações Exteriores)
  • Jorge de Oliveira Francisco (Ministro da Secretaria-Geral da Presidência)
  • Fábio Faria (Ministro das Comunicações)
  • Carlos Alberto Decotelli (Foi ministro da Educação, não empossado, por cinco dias)
  • Maurício Galliote (Presidente do Palmeiras)
  • Rogério Marinho (Ministro do Desenvolvimento Regional)
  • Tarcísio Gomes de Freitas (Ministro da Infraestrutura)
  • Ricardo Salles (Ministro do Meio Ambiente)
  • Hamilton Mourão (Vice-presidente da República)
  • Davi Alcolumbre (Presidente do Senado)
  • Rodrigo Maia (Presidente da Câmara)
  • Fernando Azevedo (Ministro da Defesa)
  • Marcelo Álvaro Antônio (Ministro do Turismo)
  • Luiz Eduardo Ramos (Ministro da Secretaria de Governo)
  • Bento Albuquerque (Ministro de Minas e Energia)
  • Pedro Guimarães (Presidente da Caixa)
  • Marcelo Reis Magalhães (Secretário Especial do Esporte)
  • José Antônio Pereira Júnior (Presidente da Rio Motorsports)
  • Major Vitor Hugo (PSL-GO; líder do governo na Câmara dos Deputados)
  • Osmar Terra (Deputado federal pelo MDB-RS)
  • Fábio Ramalho (Deputado federal pelo MDB-MG)
  • André Mendonça (Ministro da Justiça)
  • Paulo Skaf (Presidente da Fiesp)
  • Caroline de Toni (Deputada federal pelo PSL-SC)
  • Todd Chapman (Embaixador dos EUA no Brasil)
  • Marcos Heleno Guerson de Oliveira Junior (Presidente do Inmetro)
  • Roberto Mira (Vice-Presidente para assuntos de segurança da NTC&Logística)
  • Mario Frias (Secretário Especial de Cultura)
sintomas covid-19
Crédito: Divulgação/Ministério da Saúde 

Compartilhe: