Últimas notícias:

Loading...

Saiba quais são os 11 sintomas de covid-19 mais comuns entre os brasileiros

Pesquisa realizada em 133 cidades descobre de que maneira o corpo dos brasileiros reage ao vírus

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) listou os 11 sintomas de covid-19 mais comuns entre os brasileiros. Os dados foram colhidos em um estudo que envolveu 31.869 pessoas de 133 cidades de todos os estados.

Essas pessoas foram testadas para a presença de anticorpos, que indica que já tiveram a doença anteriormente. Os participantes, então, foram questionados sobre terem tido ou não algum sintoma nos quatro meses anteriores.

No topo da lista de sintomas relatados aparece a dor de cabeça, seguida de perda de olfato ou paladar. Na sequência, vêm febre, tosse e dor no corpo. Um sintoma pouco relacionado à covid-19, mas que aparece entre os 11 mais citados pelos brasileiros é o vômito.

sintomas mais comuns de covid-19
Crédito: Design Cells/istockDor de cabeça, febre e perda de paladar e olfato estão entre os sintomas de covid-19 mais comuns entre os brasileiros

Veja abaixo o ranking dos sintomas de covid-19 mais comuns entre os brasileiros

1º – Dor de cabeça

2º – Mudanças no olfato ou paladar

3º – Febre

4º – Tosse

5º – Dor no corpo

6 º – Dor de garganta

7º – Diarreia

8º – Dificuldade de respirar

9º – Tremores

10º – Palpitação

11º – Vômito

Os pesquisadores desse estudo são os mesmos responsáveis pelo EpiCovid, o maior estudo que mede a prevalência e avalia a velocidade de expansão da doença no país.

As pessoas foram entrevistadas e testadas em casa, por meio de um sorteio aleatório, utilizando os setores do censo do IBGE como base.


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


Perda de paladar é algo para ficar atento

Outro estudo europeu realizado com 2.013 pacientes de 18 hospitais também debruçou-se a descobrir os principais sintomas da covid-19. Nessa pesquisa, a perda de olfato e paladar foi disparada a mais frequente em pacientes infectados com o coronavírus.

Veja os detalhes no link abaixo:

Compartilhe: