Últimas notícias:

Loading...

Icterícia e mais 8 sinais de hepatite que não devem ser ignorados

Veja quais são os principais sintomas relacionados à doença que mais foram observados até agora

Por: Redação

À medida que o surto de hepatite pediátrica de origem desconhecida se espalha, autoridades de saúde pedem atenção para os sinais da doença que não devem ser ignorados.

A icterícia (condição que deixa a pele o branco do dos olhos amarelados) é um dos sinais mais importantes que requer atendimento médico urgente. Essa característica indica que o fígado está comprometido.

icterícia hepatite
Crédito: Stefan Tomic/istockPele amarelada é um dos sinais de hepatite

Outro sintoma importante de hepatite aguda é a dor intensa quando o abdômen é tocado. Essa sensibilidade é sentida na parte superior direita, que é onde o fígado está localizado.

De acordo com a Agência de Segurança Sanitária do Reino Unido (UKHSA), onde foram registrados maior número de casos, os sintomas da hepatite mais observados em crianças até agora foram:

  • Icterícia (71%)
  • Vômitos (63%)
  • Fezes pálidas (50%)
  • Diarreia (45%)
  • Náusea (31%)
  • Dor abdominal (42%)
  • Letargia (cansaço) (50%)
  • Febre (31%)
  • Sintomas respiratórios (19%)
hepatite sinais
Crédito: Joci03/istockDor no lado direito do corpo, na parte mais superior do abdômen, pode ser um dos sintomas de hepatite

O que é hepatite?

A hepatite é uma inflamação do fígado que geralmente é causada por uma infecção viral ou dano hepático. Alguns casos se resolvem sozinhos, mas outros podem ser mais graves, sendo necessário transplantes de fígado para sobreviver.

O que está causando o surto de hepatite?

É o que médicos e cientistas de saúde pública estão investigando. Embora a causa ainda seja desconhecida, a hipótese mais forte até agora é que os casos possam estar ligados ao adenovírus do tipo 41, comumente associados a resfriados, mas que também podem causar pneumonia, diarreia e conjuntivite.

Esse vírus, segundo a OMS, foi detectado em pelo menos 74 crianças com a doença.

Embora esse adenovírus já tenha sido associado à hepatite em crianças com sistema imunológico enfraquecido, ele não é conhecido por ser uma causa de hepatite em crianças saudáveis, o que vem acontecendo.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera a situação como uma questão “muito urgente” e disse que está dando “prioridade absoluta” a solucionar os casos.

Como prevenir

Como o fator desencadeante da hepatite ainda é desconhecido, não é possível saber exatamente como evitá-lo. Porém, se a doença tiver, de fato, alguma ligação com o adenovírus, uma boa higiene, incluindo a supervisão da lavagem das mãos em crianças, pode ajudar a prevenir.

Também é importante cobrir a boca ao tossir ou espirrar.

Compartilhe:

Tags: #Doença