Últimas notícias:

Loading...

Sergio Camargo pede que família não tome ‘vacina chinesa do Doria’

Presidente da Fundação Palmares, além de negar o racismo no Brasil, também nega a importância de encontrarmos com rapidez uma vacina contra o coronavírus

Por: Redação

Enfrentando uma petição que já conta com mais de 100 mil assinaturas para a sua exoneração, o presidente da Fundação Palmares causou uma nova polêmica nas redes sociais, na noite desta quinta-feira, 11. Não que seja uma grande surpresa o fato de um bolsonarista dizer algo absurdo, mas, dessa vez, Sérgio Camargo defendeu que seus familiares não tomem a “vacina chinesa do Doria”.

sergio camargo doria
Crédito: ReproduçãoSergio Camargo incentiva amigos e familiares a não se vacinarem contra o coronavírus

“Sou paulistano e faço um apelo a meus familiares, aos quais desejo todo o bem do mundo: não tomem a vacina chinesa do Doria”, escreveu Sérgio Camargo.

Nesta quinta, o governador de São Paulo João Doria (PSDB) anunciou produção e testes de uma vacina contra o novo coronavírus, fruto de uma parceria entre o Instituto Butantan e o laboratório chinês Sinovac Biotech. Eles preveem a disponibilidade da vacina para junho de 2021.

Nos comentários de seu tweet, Sérgio Camargo foi muito criticado e até mesmo incentivado por internautas a permanecer com a ideia de não tomar a vacina. “Tu faria um bem pra sociedade não tomando mesmo”, escreveu um tuiteiro. “Coisa mais ridícula, vacina agora é posicionamento político, tem que ser muito burro mesmo.”, disse outro.

Em contrapartida, muitos bolsonaristar começaram a apoiar a ideia de Sérgio Camargo, afirmando que irão se recusar a tomar a vacina produzido pelo Instituto Butantan e o laboratório chinês. A hashtag #VacinaChinesaNão figurou nos trending topics como um dos assuntos mais comentados entre ontem e hoje no Twitter.


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


Compartilhe: