Zé Neto de sunga no Instagram é considerado como conteúdo impróprio?

Entenda quais critérios a rede social usa para derrubar fotos e vídeos que violam os padrões de uso da comunidade

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Nesta última terça-feira, 22, o cantor Zé Neto, da dupla sertaneja com Cristiano, viu seu nome rodar pelo Brasil não por causa de sucesso de música e sim porque postou uma foto de sunga no Instagram, que por consequência mostrava um certo volume na região de sua genitália.

Instagram chegou a derrubar a publicação por conteúdo impróprio, mas voltou atrás.

Instagram chegou a derrubar publicação de Zé Neto de sunga, mas voltou atrás
Crédito: Reprodução/InstagramInstagram chegou a derrubar publicação de Zé Neto de sunga, mas voltou atrás

Em postagem no stories do seu Instagram, Zé Neto confirmou que por violar as diretrizes da comunidade, a foto em questão chegou até ser deletada da conta dele.

“Gente do céu, estou perplexo. Acordei, fui olhar no meu feed, da uma risada das fotos da sunga, Instagram derrubou minha foto, derrubou da Natalia falando que é conteúdo improprio, que estamos conta as diretrizes do Instagram. Fazer o que né?”, contou dando risada da situação.

Mas, ao que tudo indica não passou de um engano da empresa de tecnologia, afinal tanto a publicação feita no Instagram dele, como no da esposa, voltaram a aparecer no perfil das redes sociais.

O que o Instagram considera impróprio?

Assim como aconteceu como Zé Neto, outros artistas já passaram por algo parecido nas suas contas do Instagram, exemplo de Anitta divulgando música nova só de toalha e a Xuxa que postou uma fotinha fazendo topless na laje. Todas sinalizadas como conteúdo impróprio.

O Instagram, assim como a maioria das empresas, possui o robô que detecta através de inteligência artificial postagens de conteúdo impróprio e também conta com uma equipe de avaliação de denúncia feita pelos usuários da plataforma. Afinal, um conteúdo pode cair por diversos motivos. Então, o que o não pode publicar na rede social?

Difamação ou atos ilegais: É proibido praticar bullying, publicar imagens com perseguição ou difamar alguém. Usar o Instagram para praticar crimes contra outros usuários também é considerado crime, assim como publicar fotos íntimas não autorizadas ou qualquer outro material que possa ser considerado difamatório.

Violência ou discriminação: Disseminação de cenas violentas de qualquer espécie contra pessoas, animais ou patrimônios, incluindo discurso de ódio e discriminação.

Assédio e spam: Publicação do mesmo comentário muitas vezes em uma mesma foto pode-se caracterizar spam, além de ofensas ao autor da publicação. Comunicados comerciais, como abordagem via caixa de mensagens para vender produtos, também não são aceitos.

Nudez ou pornografia: Mesmo que tenha finalidade artística, nudez é totalmente banida da rede social. A pessoa que publicar está passível de denúncia e pode ter o conteúdo removido, além de sua conta suspensa temporariamente. O que vale para qualquer conteúdo pornográfico também.

Comprometimento de privacidade: Exposição de login e senha de outro usuário da plataforma também é expressamente proibido, isso é é considerado roubo de identidade e crime envolvendo a privacidade. A disseminação de conteúdos com informações maliciosas ou de conteúdo duvidoso são barrados também.

Em caso de algum desses termos ser violado, a pessoa pode ter a conta encerrada na plataforma.  A interrupção parcial do serviço, como banimento temporário ou impedimento de publicar novos comentários em outros perfis durante algum tempo também é uma forma de punição presente nas diretrizes da comunidade.

Fazer propaganda de tabaco, cigarro e álcool, anúncio sem indicação (tem que colocar que é publi paga), compra de seguidores e curtidas, utilização de conteúdos alheios sem dar créditos e fotos em lugares turísticos proibidos também entram na lista de termos que não tem permissão para serem publicados na plataforma.

Compartilhe: